Netflix
Foto via Flickr
 

Com a alta nos casos de COVID-19 dentro do território americano por conta da nova variante Delta, a Netflix decidiu obrigar todos os funcionários de seus escritórios nos Estados Unidos a se vacinarem contra o coronavírus.

Segundo informou a The Hollywood Reporter, a determinação inclui Los Gatos, na Califórnia, onde visitantes também precisam mostrar a prova da vacinação, assim como acontece no escritório da Sunset Boulevard, em Los Angeles.

Nem todos os funcionários da Netflix retornaram completamente ao trabalho presencial e ainda não há uma data estabelecida para que isso aconteça.

Por enquanto, não está claro quando esta nova política efetivamente entrará em vigor. A gigante do streaming se recusou a comentar o assunto.

A decisão da Netflix acompanha uma tendência dentro dos EUA, já que empresas como a Disney, Facebook, Google, Twitter, The Washington Post e The New York Times já haviam tomado a mesma medida, obrigando seus funcionários a se vacinarem contra a COVID.

Novos casos de COVID nos sets de The Masked Singer e outros

No final de Julho, a Netflix foi o primeiro grande estúdio a exigir que seus elencos e equipes presentes em sets de filmagem se vacinassem contra a doença. Os outros estúdios agora têm mantido as mesmas orientações.

A variante Delta da COVID-19 já ultrapassou a marca de 200 milhões de casos ao redor do mundo, conforme anunciou nesta quarta-feira (4) o Center for Systems Science and Engineering da Johns Hopkins University.

Apenas em Los Angeles, o Departamento de Saúde Pública percebeu recentes casos nos sets de The Masked Singer, S.W.A.T. e também no reboot da comédia Uma Festa de Arromba (1990), além de infecções nos escritórios da Endemol Shine North America.

LEIA TAMBÉM: Nova York vai exigir vacina da COVID-19 em ambientes fechados

 
Compartilhar