Britney Spears divulga nova música; ouça “Do You Wanna Come Over”
 

O canal no YouTube Top Culture reuniu os hits mais populares dos anos 2000 e publicou um vídeo com uma música para cada mês de toda a década.

Muitos artistas que aparecem na seleção continuam fazendo bastante sucesso até os dias atuais, como Beyoncé, Madonna, Britney Spears, Gwen Stefani, Christina Aguilera, Justin Timberlake, Alicia Keys, Pink, Rihanna, Linkin Park, Green Day, Maroon 5, Snoop Dogg, Kanye West, Gorillaz, Coldplay, Katy Perry, Lady Gaga, Shakira e The Black Eyed Peas.

Outros tiveram altos e baixos de lá para cá, como Mariah Carey, Avril Lavigne, Pitbull, Eminem, U2, Bon Jovi, Nelly Furtado, Fergie, Dido, Mika, Usher, Missy Elliott, Nickelback e Evanescence.

Alguns projetos foram aposentados, como N’ Sync, Destiny’s Child e Outkast, e a lista ainda menciona nomes que hoje sumiram do mapa, como Crazy Town, Hoobastank, Daniel Powter, Sean Kingston, Akon, Timbaland, Mario, Nelly, Leona Lewis, Estelle e Ashanti.

Maiores Sucessos da Música nos Anos 2000

“Nesse vídeo, você verá as músicas mais populares para cada mês dos anos 2000. Eu coloquei as canções de acordo com o mês em que elas estavam mais bombadas, e não é muito preciso pois o sucesso é diferente em cada país e eu não queria repetir nenhuma música. A data de lançamento não tem banda a ver com a colocação,” explica o dono do canal.

Você pode conferir toda a seleção no vídeo abaixo e viajar no tempo.

O que é Cringe?

Aí pode também dizer pra gente o quanto gosta dessas músicas que representam um período que, aparentemente, os jovens de hoje em dia não estão respeitando tanto assim.

Nos últimos dias, adolescentes que fazem parte do que é chamado de “Geração Z” (nascidos no meio dos Anos 90 até o início dos Anos 2010) passaram a listar coisas dos “Millenials” (nascidos no início dos Anos 80 até o final dos Anos 90) que acham “cringe”, o que significa algo como “vergonhoso”, ou que provoca a famosa “vergonha alheia”.

LEIA MAIS: 12 bandas nacionais dos anos 2000 das quais sentimos muita falta

 
Compartilhar