Central Park, em Nova York
Foto por A.V. Flores via Pixabay
 

A cidade de Nova York irá celebrar o retorno dos shows ao vivo com sua capacidade total após a pandemia do coronavírus com um mega evento no Central Park.

De acordo com um anúncio feito pelo prefeito da cidade, Bill de Blasio, o show terá capacidade para 60 mil pessoas e por enquanto está previsto para acontecer em 21 de Agosto, com o nome provisório The Official NYC Homecoming Concert in Central Park. Sobre o evento, Blasio disse (via NME):

Este show será uma oportunidade única na vida. Vai ser uma escalação incrível. A semana inteira será diferente de tudo que você já viu antes em Nova York.

Show ao vivo no Central Park

O responsável pela organização do grande evento será o renomado executivo da indústria musical Clive Davis.

O experiente produtor, que conquistou cinco Grammys e integra o Hall da Fama do Rock desde 2000, já trabalhou com lendas da música como Pink Floyd, Janis Joplin, Bruce Springsteen, Aretha Franklin e Whitney Houston.

Apesar de ainda não ter sido divulgada nenhuma informação sobre as possíveis atrações do evento, Davis revelou ao The New York Times que está planejando realizar um show com duração de três horas que irá reunir oito artistas “icônicos” e ainda pretende transmitir o evento na televisão:

Não consigo pensar em um lugar melhor do que o Great Lawn do Central Park para ser o lugar onde você diz que Nova York está reabrindo.

Ao que tudo indica, a Live Nation, uma das maiores produtoras do mundo, também está envolvida no projeto.

A maioria dos ingressos será disponibilizada gratuitamente, com 70% deles sendo destinados para pessoas já vacinadas. Porém, o show também contará com assentos VIP que deverão ser comprados.

O Great Lawn, lugar em que o evento será realizado, já foi palco de shows históricos como a apresentação de Simon & Garfunkel para 400 mil pessoas em 1981. Além disso, já passaram por lá shows de Carole King, Elton John, Diana Ross, Beyoncé, Metallica e de muitos outros artistas.