Black Rob, que integrava a Bad Boys Records, morre aos 52 anos
Reprodução / YouTube
 

O rapper Black Rob faleceu aos 52 anos de idade no último sábado, 17 de Abril, após sofrer uma parada cardíaca em um hospital da cidade de Atlanta, nos Estados Unidos.

A triste notícia foi compartilhada pelo amigo do artista, Mark Curry, ao The New York Times (via Pitchfork). De acordo com Curry, Rob estava lidando com uma série de problemas de saúde nos últimos anos, incluindo lúpus, diabetes, insuficiência real e derrames múltiplos.

O rapper chegou a gravar um vídeo no dia 10 de Abril, que foi publicado por seu amigo DJ Self no Instagram, falando sobre seu estado de saúde.

Robert Ross, nome de batismo do rapper, ganhou destaque no mundo da música com seu sucesso “Whoa”, lançado em 2000. Recentemente durante uma internação no hospital, o músico chegou a gravar um vídeo prestando uma homenagem ao rapper DMX, que nos deixou aos 50 anos de idade no último dia 9 de Abril.

Para ajudar nas despesas médicas de Black Rob uma campanha para arrecadar dinheiro foi criada no GoFundMe. Até o momento de sua morte o valor previsto como meta não tinha sido alcançado.

Carreira de Black Rob

O rapper de Nova York formou seu primeiro grupo chamado The Schizophrenics quando tinha 20 anos de idade. Ele ficou preso por um breve período no final dos anos 80 e logo depois foi integrar a Bad Boy Records, liderada por P. Diddy.

Inicialmente Bob fez participações em músicas de alguns outros artistas da gravadora como The Notorious BIG, Faith Evans, o girl group de R&B Total e o rapper Mase.

Apesar das colaborações, seu momento de ascensão foi após o lançamento do seu primeiro disco Life Story, em 2000. O trabalho alcançou o terceiro lugar na Billboard 200 e foi certificado de platina pela Recording Industry Association of America depois de vender 1 milhão de cópias.

O primeiro single do disco, o sucesso “Whoa!” ficou em 43º lugar na Billboard Hot 100 e se tornou uma das músicas mais conhecidas de Black Rob. No ano seguinte, o rapper participou da faixa “Bad Boy for Life” de Diddy.

Ross não alcançou o mesmo sucesso com seu segundo álbum, The Black Rob Report, lançado em 2005 e foi dispensado pela Bad Boy.

Mais tarde, ele assinou com a Duck Down para seu terceiro álbum Game Tested, Streets Approved, de 2011 e seu último disco, Genuine Article, de 2015, foi lançando pela Slimstyle Records.

Em sua conta do Instagram, P. Diddy publicou uma foto ao lado de Rob se despedindo do colega e lamentando sua morte.

Descanse no poder, Rei Black Rob! Enquanto ouço seus discos hoje, vejo uma coisa que todos eles têm em comum! Você fez milhões de pessoas em todo o mundo se sentirem bem e dançar! Você é único! Deus te abençoe! Amor. Você fará muita falta.

Confira alguns trabalhos do rapper nos vídeos abaixo e a publicação de Diddy.

Descanse em paz, Black Rob.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por LOVE (@diddy)

 
 
Compartilhar