10 músicos com grandes feitos acadêmicos
Fotos via Shutterstock e Wikimedia Commons

Sabemos que a carreira de músicos famosos é absolutamente lotada de compromissos e já é difícil conciliar uma vida familiar junto a isso — quanto mais uma vida acadêmica.

Ainda assim, grandes nomes da música mundial conseguiram esse feito impressionante e se formaram em faculdades prestigiadas. Alguns, aliás, chegaram até a ir além em suas educações e conseguiram obter doutorados e outros títulos valiosos no mundo acadêmico.

Conheça 10 dessas pessoas logo abaixo! Ah, lembrando: selecionamos apenas aqueles cujos estudos não estão diretamente relacionados à arte. Por isso, você não vai encontrar nomes como Tarja Turunen (Nightwish), que é formada em música!

LEIA TAMBÉM: 12 hobbies incríveis e inusitados de músicos famosos

 

10Tom Morello (Rage Against the Machine)

Foto de Tom Morello via Shutterstock

Talvez um dos mais emblemáticos casos de músico com formação acadêmica, Tom Morello fez (e faz) ótimo uso de seu bacharelado em Ciência Política. Como se não bastasse ter um diploma, Tom se formou “apenas” na Universidade de Harvard, considerada por muitos a melhor do planeta.

Ele saiu de lá em 1987 e acabou nunca voltando para fazer outras especializações, mas o Rage Against the Machine está aí para provar que o cara segue bastante engajado com a política e o ativismo.

 

9Brian May (Queen)

Foto via Wikimedia Commons

Se Tom Morello é o mais emblemático, talvez Brian May seja o mais espetacular dessa lista. O guitarrista do Queen — que já foi eleito o melhor do mundo no que faz — também é doutor em Astrofísica (!).

Ele se formou com honras em 1968 no London Imperial College, e é claro que foi bem por essa época que o Queen acabou tomando conta do mundo. Mas com o falecimento de Freddie Mercury e um pouco mais de tempo livre nas mãos, May voltou à faculdade em 2007 e concluiu seu doutorado no tema.

Ele chegou até a contribuir para um estudo de 2015, analisando dados obtidos pela NASA relativos a um estudo de Plutão. Que homem!

 

8Dexter Holland (The Offspring)

Foto de Dexter Holland via Shutterstock

Conforme essa lista for passando, você vai perceber que as figuras mais presentes por aqui são ícones do Punk. E vamos começar falando de Dexter Holland, já que o vocalista e guitarrista do The Offspring viveu uma situação parecida com a de Brian May.

Ele estava completando seu doutorado em Biologia Molecular quando a banda estourou e, naturalmente, deu uma pausa nos estudos. Em 2017, entretanto, a Universidade do Sul da Califórnia finalmente entregou o diploma para o músico — que já deixou bem claro em momentos passados que “matemática é tão legal quanto Punk Rock”.

 

7Rivers Cuomo (Weezer)

Mais um graduado em Harvard, Rivers Cuomo se formou em Inglês para “relaxar” quando estava cansado de tantas turnês e gravações com o Weezer.

Isso acabou preenchendo um “buraco” na vida de Rivers, já que o músico saiu do colégio e foi logo tentar a sorte em Los Angeles como músico. Eventualmente, claro, ele conseguiu encontrar o sucesso e começou a flertar com a vida acadêmica ainda na década de 1990, quando chegou a começar um curso de Música Clássica (também em Harvard), o qual ele nunca terminou. Mas deu tudo certo no final!

 

6Tom Scholz (Boston)

Possivelmente o menos conhecido da lista, mas também o mais interessante. Tom Scholz é basicamente o faz-tudo no Boston, que só precisou da ajuda de Brad Delp para cantar grandes hits como “More Than a Feeling” e “Amanda”.

Antes de tudo isso, no entanto, Tom se formou no prestigiado MIT e concluiu até mesmo um mestrado em Engenharia Mecânica. A formação foi fundamental para sua carreira, já que Tom é conhecido como um perfeccionista dos mais clássicos e inventou diversos equipamentos que o ajudaram em sua trajetória — inclusive um amplificador portátil, responsável pelo famoso som do Boston.

Quer mais? Em 1987, Scholz (que é vegetariano há mais de 30 anos) fundou uma instituição de caridade que foi reconhecida até mesmo pela PETA como fundamental para o cuidado com a vida selvagem, além de oferecer abrigo a pessoas sem-teto e financiar bancos de comida.

Curiosamente, o filho de Tom, Jeremy Scholz, também se formou em Engenharia Mecânica em 2005 pelo MIT. Sensacional!

 

5Gloria Estefan

Foto via Wikimedia Commons

Uma das maiores artistas latinas de todos os tempos, Gloria Estefan poderia ter seguido um caminho muito diferente se o sucesso não tivesse chegado na hora certa.

Ela se formou em Psicologia e Comunicação na Universidade de Miami e, logo antes de se casar com Emilio Estefan e deslanchar na música, recebeu um convite para seguir sua vida acadêmica estudando Direito Internacional na Universidade de Sorbonne, em Paris. Bom, difícil dizer que tem motivo para se arrepender, né?

 

4Milo Aukerman (Descendents)

Divulgação

Voltamos para o Punk e é hora de falar de ninguém menos que Milo Aukerman, líder do lendário Descendents.

A história de Milo é, na verdade, bem parecida com a de Dexter Holland: ele também se formou na Universidade do Sul da Califórnia, obtendo um doutorado em Bioquímica. A decisão de fazer faculdade não foi fácil e acabou imortalizada no clássico disco Milo Goes to College (Milo Vai para a Faculdade), um dos mais marcantes da banda.

Eventualmente, Aukerman seguiu conciliando as duas vidas até logo antes do lançamento do sétimo disco dos Descendents, Hypercaffeine Spazinate. O cara acabou logo virando um símbolo para os “nerds”, como ele mesmo diz, que encontraram no Punk Rock uma válvula de escape fundamental.

 

3Greg Graffin (Bad Religion)

Para fechar a lista Punk, que tal falarmos de Greg Graffin? O lendário vocalista do Bad Religion não é apenas doutor em Biologia Evolutiva pela Universidade de Cornell (que também faz parte da “Ivy League”, a mesma de Harvard e tantas outras) e mestre em Geologia pela Universidade do Sul da Califórnia: ele também já foi professor da Universidade da Califórnia em Los Angeles e de Cornell.

Uma das declarações mais marcantes de Graffin é justamente sobre a relação entre a ciência e o Punk Rock. Para ele, “a ciência é a primeira expressão do Punk, porque ela não avança sem desafiar as autoridades, não há progresso sem destruir o que estava por ali antes”.

 

2Jorge Drexler

Sem dúvidas um dos maiores nomes da música sul-americana no mundo e primeiro vencedor de um Oscar de Melhor Canção cantando em espanhol (com “Al Otro Lado del Río”), o uruguaio Jorge Drexler também é médico.

Ele se formou em 1983 no seu país e acabou eventualmente se especializando em otorrinolaringologia, ainda que não haja informações sobre ele ter de fato exercido a profissão. Curiosamente, Jorge vem de uma família de médicos e músicos, com seu irmão mais novo Daniel também tendo uma carreira relativamente notável nas artes.

 

1Chris Martin (Coldplay)

Para terminar a lista, um dos alunos mais impressionantes da música: Chris Martin. O líder do Coldplay se graduou com louvores e era considerado o melhor aluno de grego e latim em seu curso de Ciências do Mundo Antigo na University College de Londres.

Felizmente, foi exatamente por lá que ele conheceu os membros que viriam a formar a banda de Pop Rock algum tempo depois. O final dessa história todo mundo já conhece!