Lauryn Hill no Grammy em 1999
Foto de Lauryn Hill via Shutterstock
 

Uma das histórias mais impressionantes da indústria musical é a de Lauryn Hill, que teve um Grammy com o seu aclamado disco de estreia The Miseducation of Lauryn Hill e depois simplesmente nunca mais lançou nenhum álbum de estúdio.

Conforme conta a Billboard, a cantora conversou com a Rolling Stone sobre isso uma vez que o trabalho foi eleito o 10º melhor disco da história na lista atualizada dos 500 melhores da publicação. Por lá, ela revelou alguns dos motivos que a levaram a essa decisão:

A coisa mais louca é que ninguém da minha gravadora sequer me ligou e perguntou, ‘Como podemos te ajudar a fazer outro álbum?’. NUNCA… NUNCA. Eu disse nunca? Nunca!

Com ‘Miseducation’, não havia nenhum precedente. Eu estava, na maior parte, livre para explorar, experimentar e expressar. Depois de ‘Miseducation’, havia uma série de obstrucionistas com tentáculos, políticas, agendas de repressão, expectativas surreais e sabotagens POR TODO LADO. As pessoas haviam me incluído nas suas próprias narrativas dos SEUS sucessos no que dizia respeito ao meu álbum, e se isso contradizia a minha experiência, eu era considerada uma inimiga.

Lauryn Hill e Miseducation

Ainda na mesma entrevista, Hill disse ter sido sempre “muito crítica” de sua própria arte e afirmou que mudaria algumas coisas na obra, mas que “o AMOR no álbum, a paixão, a sua intenção é, para mim, inegável”. Ela elaborou sobre o legado do trabalho:

Eu acho que a minha intenção era simplesmente fazer algo que fizesse minhas ancestrais e meus ancestrais na música e no conflito social e político saber que alguém recebeu o que eles sacrificaram para nos dar, e para deixar os meus colegas saberem que podemos andar nessa verdade, com orgulho e confiança. Naquela época, eu sentia que era um dever e uma responsabilidade fazer isso. […] Eu desafiei a norma e introduzi um novo padrão. Eu acredito que ‘Miseducation’ fez isso e eu acredito que eu ainda faço isso — desafiar a convenção quando a convenção é questionável.

LEIA TAMBÉM: 10 bandas e artistas incríveis que só lançaram um disco de estúdio

 
Compartilhar