Chino Moreno, do Deftones
 

Deftones mal lançou o aguardado disco Ohms e já está preparando outra novidade para os fãs.

Se trata do disco Black Stallion, que consistirá em remixes das canções de White Pony e que já havia sido anunciado há algum tempo como parte da celebração de 20 anos do icônico trabalho de 2000.

Já estávamos sabendo de algumas coisas sobre a obra, inclusive com três participações já confirmadas (DJ ShadowTrevor Jackson Clams Casino), mas agora o vocalista Chino Moreno nos deu mais detalhes em uma entrevista com a BBC Radio 6 (via The PRP).

Deftones e o Black Stallion

Perguntado sobre o estado do álbum neste momento, Moreno comentou:

Acabou de ser masterizado, então praticamente está finalizado. Super, super orgulhoso disso. Poderia facilmente ter sido aquela coisa meio auto-indulgente, considerando que escolhemos um monte de artistas para trabalhar que não são os que você vê em um disco de remixes típico.

Na verdade, é sequenciado exatamente como o disco ‘White Pony’. Então é basicamente o disco, mas ele foi completamente destrinchado e montado novamente. É um animal completamente diferente, mas [é] o mesmo disco. Então eu estou bastante orgulhoso disso e estou empolgado para que as pessoas ouçam isso.

Em seguida, a entrevistadora questionou se ele poderia compartilhar mais detalhes sobre a sonoridade e o que os fãs podem esperar de Black Stallion. Chino respondeu falando que a influência é muito mais dos Anos 2000 do que contemporânea, e os fãs poderão entender um pouco mais algumas das visões que os próprios músicos tinham durante a composição.

Nas palavras dele:

Definitivamente é mais eletrônico. Quando estávamos fazendo o disco ‘White Pony’ naquela época nós fomos realmente influenciados por muitos… eu acho que até ouvindo esse disco agora, é muito um álbum que põe a bateria em primeiro lugar e eu acho que é porque nós meio que fomos influenciados por muito das músicas meio do estilo de DJ ‘breakbeat’ em geral. Obviamente o DJ Shadow, ele é parte disso, e ele foi uma grande influência naquele disco.

Ainda que obviamente seja um disco de Rock, eu acho que os sinais estão ali. Então há muito disso, muito… eu queria poder falar algumas das pessoas envolvidas nele. É uma lista incrível de pessoas. Eu acho que teremos algum tipo de lançamento formal sobre quem está envolvido em breve, eu espero.

Mas é na verdade uma mistura realmente meio eclética de pessoas e como eu disse, alguns dos artistas que nós escolhemos são artistas que na verdade nos influenciaram no passado em fazer esse disco [‘White Pony’]. Então meio que deu a volta completa.

Eu vou dizer que não é um disco eletrônico contemporâneo. Ele puxa daquelas influências meio que do começo dos Anos 2000 no que diz respeito às batidas e eletrônicos. Realmente parece coeso e isso é meio que o que é legal porque são onze pessoas diferentes, mas ao mesmo tempo soa como um trabalho coeso então eu estou muito, muito empolgado.

Estamos ansiosos por aqui!

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.