Pearl Jam
Foto do Pearl Jam por Danny Clinch

Pearl Jam está determinado a usar sua plataforma para conscientizar os cidadãos dos EUA sobre a importância de participar das eleições de 2020.

Como o voto por lá não é obrigatório, são muitos os que escolhem não participar do processo de decisão e a banda liderada por Eddie Vedder quer mudar isso com seu projeto PJ Votes 2020, que indica três “missões” para os fãs: votar pelo correio, recrutar três amigos e não esperar.

De acordo com a Rolling Stone (via Blabbermouth), o baixista Jeff Ament ainda deixou bem claro que a banda discorda completamente das posições de Donald Trump. Ele dá a entender que seria “óbvia” a escolha por Joe Biden, candidato do Partido Democrata, e explica:

Eu acho que é tão óbvio pra caralho agora em quem você deveria votar para aquilo [presidência] que nós nem precisamos falar disso dessa vez. Eu acho que 16 anos atrás, talvez para algumas pessoas o [George W.] Bush parecia um cara com quem você tomaria uma cerveja. Eu acho que as pessoas baseavam muito de seus votos em coisas estúpidas como essa.

Os incêndios na Califórnia e a desregulação de regulamentações ambientais é razão suficiente para sair e votar. Nós realmente precisamos tapar esse buraco agora e parar o sangramento com um monte dessas coisas. Votar é o começo disso.

Pearl Jam e eleições nos EUA

Vale lembrar que um dos tópicos que a banda abordou recentemente — por meio das primeiras postagens de Vedder no Instagram — foi justamente a votação por correio.

Por lá, o vocalista publicou uma série de imagens que ensinavam como fazer para submeter seu voto pelo serviço postal, e explicou que essa situação é recorrente na vida dos membros da banda, já que estão sempre em turnê.

Ele também defendeu a segurança do método, citando um estudo do MIT (Massachusetts Institute of Technology) que calcula a possibilidade de fraude em 0,00006%. Vedder finaliza:

Por favor, não vamos nos confundir com a retórica que está sendo usada por certas pessoas que aparentemente querem que menos pessoas votem. Ou você preferiria arriscar a sua própria saúde e a segurança dos outros quando você poderia usar esse método testado, julgado e validado que funciona há anos?

Além de tudo isso, o PJ ainda está firmando parcerias com organizações que promovem a importância desse tipo de voto no contexto atual. Você pode saber mais sobre todo esse projeto pelo site oficial dos caras.