Eu, Trovador
Foto: Beatriz Pérson

Todos já estivemos apaixonados em algum momento. É um sentimento perfeitamente natural e que faz parte de quem somos. É a ideia do “romântico sem cura”, aquele personagem que só pensa na pessoa amada e que faria tudo por ela, mesmo sem saber se é recíproco ou não.

O projeto Eu, Trovador, formado por Guga Fernandes, Juliano Valle e Diego Jean Vicente, traz consigo a veia poética do amor. Eles deixam isso claro no seu mais novo single “Enquanto Cê Não Vem“. A faixa, que é uma composição do vocalista Guga Fernandes com Clara Valverde, conta com a participação da banda Onze:20, que também é conhecidas por suas letras românticas.

A união entre os dois grupos é também fruto de uma boa relação de amizade e de um “match” musical. Guga é parceiro de composições da banda mineira, assinando sucessos como “Querendo Te Encontrar”, “Sei Que É Você” e mais.

Sobre a composição, Guga conta:

A nossa espinha dorsal é a música romântica, que fala de amor, choro, dor de cotovelo, emoção. Os refrães são rasgados e poéticos, assim como as paixões são nas nossas vidas. Estar apaixonado é um clichê, mas é um clichê maravilhoso.

 

Novo álbum a caminho

A canção veio acompanhada por um clipe oficial. Com direção de Hercules Rakauskas, o vídeo foi gravado de maneira caseira durante o isolamento social. Essa estética aprofunda a angústia da paixão e deu espaço para que cada integrante desse o seu parecer sobre a ideia de estar apaixonado.

Trata-se de um single do mais novo álbum de estúdio da banda, que tem previsão de lançamento para Novembro. Serão 10 faixas que evidenciam a liberdade em experimentar e em misturar elementos da MPB, do pop, do rock e do reggae. O novo disco será o sucessor do homônimo disco de estreia lançado no ano passado.

Mas e aí? O que achou do clipe novo da Eu, Trovador? Deixe sua opinião nos comentários!

 
Compartilhar