John Lennon e Paul McCartney, dos Beatles
Foto: Wikimedia Commons

Todos sabemos que John Lennon e Paul McCartney escreveram algumas das músicas mais importantes da história.

Com os Beatles, os dois músicos de Liverpool fizeram história e consolidaram praticamente uma marca registrada chamada “Lennon-McCartney” quando o assunto era assinar as suas composições.

Pois se havia muita sinergia entre os dois, também é possível cravar que existia muita competição e quem está falando isso não é a gente.

Lennon e McCartney

Em Setembro de 2018, o programa de televisão 60 Minutes publicou uma entrevista em vídeo com o próprio Paul McCartney perguntando se havia competição entre eles e se os dois se elogiavam.

Ele disse:

Eu e John? Sim, éramos competitivos.

Não abertamente, mas depois nós admitimos, tipo ‘hmm então Paul escreveu uma música boa, é melhor eu acompanhar o ritmo.’ E aí eu fazia algo de forma similar, tipo ‘hmm isso é muito bom, preciso fazer também, vamos lá.’

Ele escreveu ‘Strawberry Fields’, aí eu escrevi ‘Penny Lane’, sabe. Ele se lembrando da sua antiga região em Liverpool, e eu me lembrando da minha.

Quando a jornalista pergunta se quando isso acontecia eles se elogiavam, Paul McCartney diz:

Uma vez. Uma vez em toda a carreira o John Lennon me elogiou. Eu acho que foi no ‘Revolver’. ‘Here, There and Everywhere’ era uma das minhas canções nesse disco e quando terminamos tudo, John chegou pra mim e disse, ‘essa música é muito boa, cara. Eu amo essa música.’

E eu fiquei tipo, ‘Sim!!! Ele gostou!’. É patético, na verdade.

Macca é questionado se ele, por outro lado, elogiava as composições de Lennon, e disse:

Sim, eu falava que as coisas dele eram boas. Normalmente eu tinha que estar um pouco bêbado. Isso ajudava.

Você pode ver o vídeo logo abaixo.