A-ha em Bauru
Foto: Reprodução/A-ha The Best

Em março de 2010 o A-ha veio ao Brasil para uma turnê de “despedida” depois de 25 anos de carreira. A Farewell Tour na época passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Bauru, no interior de São Paulo. E foi na cidade sanduíche que a banda protagonizou um momento icônico, tirando fotos até com os buracos da rua.

A pausa na carreira do A-ha durou apenas cinco anos e em 2015 eles já voltaram ao país como atração do Rock In Rio. Em 2020, inclusive, se não fosse a pandemia do novo coronavírus, eles fariam de novo cinco shows por aqui em setembro.

A-ha em Bauru

A banda internacional reuniu três mil pessoas no interior de São Paulo para um show no Alameda Rodoserv Center, que é na verdade uma pequena praça de alimentação, com um cinema anexo e um posto de combustíveis, na beira da Rodovia Marechal Rondon, que liga Bauru a São Paulo.

Antes da apresentação na cidade numa noite de terça-feira, o último show do grupo tinha sido em Bueno Aires, na Argentina, na quinta anterior, de onde o guitarrista Paul Waaktaar-Savoy adiantou em entrevista ao Jornal da Cidade, de Bauru, que gostava do “sabor marcante” do povo brasileiro.

Já em terras bauruenses, hospedados num hotel na zona sul da cidade, num bairro tranquilo e seguro, numa terça-feira ao meio-dia, ele, o vocalista Morten Harket e o tecladista Magne Furuholmen pensaram que não tinham oportunidade melhor para sair andando pela rua sem aglomerações de fãs, fotógrafos e seguranças os acompanhando. E assim o fizeram!

Como relatou na época o jornalista Júlio César Penariol (na foto acima), no jornal Bom Dia, os três passaram pela recepção do hotel na hora do almoço e perguntaram a ele, que fazia plantão na calçada, onde poderiam andar tranquilamente.

Cada um saiu para um lado. O que vou fazer?

O desespero do único segurança destinado a cuidar da banda na porta do hotel era compreensível.

A-ha tira foto com buracos na rua

Apenas duas fãs estavam acampadas na frente do local esperando para ver os ídolos e não só viram, como saíram estampadas com eles na capa do jornal e até os acompanharam no breve passeio pelo bairro.

Depois de quatro quadras andando a pé pela rua, o vocalista Morten Harket se deparou com um grande buraco no asfalto e, impressionado e provavelmente desacostumado com a cena, posou ao lado da cratera e tirou uma foto para seu arquivo pessoal, levando com ele para sempre essa lembrança incrível literalmente dos solos brasileiros.

O mesmo texto do jornal daquele dia ainda contava que a banda chegou a reservar uma quadra de tênis num clube de elite da cidade, mas que no fim resolveu não utilizar.

O show em Bauru atraiu fãs inclusive de outras cidades, que preferiram ver o A-ha num clima mais intimista do que em grandes apresentações, como você pode ver abaixo na matéria exibida pela TV local na época.

Bauru e os Artistas Internacionais

E não deixe de ler também sobre quando o astro internacional Kevin Costner ganhou uma viola de presente da dupla César Menotti e Fabiano também em Bauru, momentos antes de se apresentar num festival que reuniu de Caetano Veloso a Maria Cecília e Rodolfo e Zeca Pagodinho. Clique aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar