Foto: Reprodução/YouTube
 

O ano é 2010 e a cidade é Bauru, no interior de São Paulo.

Num festival chamado SP Onlive, que durou dois dias e promoveu uma verdadeira salada de artistas, o astro Kevin Costner, conhecido por seu trabalho de ator em filmes como “O Guarda-Costas”, “Robin Hood” e “Waterworld”, subiu ao palco do evento e deixou todo mundo sem entender nada!

Na ocasião, Kevin veio ao Brasil pela primeira vez para se apresentar com sua banda Modern West, com uma mistura de country e rock, e foi recebido na cidade pela dupla sertaneja César Menotti e Fabiano, que era headliner do evento.

O line-up ainda contava com nomes da MPB como Caetano Veloso, Maria Gadú e Ana Carolina; do pop e do rock, como Jota Quest, Titãs e Os Paralamas do Sucesso; do samba, como Zeca Pagodinho; e claro, do sertanejo, como a dupla Maria Cecília e Rodolfo. Isso sem falar na tenda eletrônica que teve outras atrações internacionais: a dupla Milk & Sugar e o DJ Jean Claude Ades.

A imprensa do Brasil inteiro repercutiu o show do ator e cantor em Bauru e publicou que a apresentação “reproduziu estereótipos do macho americano” sob “aplausos comedidos” (Folha de S. Paulo), mas que, mesmo assim, Kevin Costner arrasou (Caras), distribuiu sorrisos no palco e chegou até a arranhar no português (Veja).

O CQC, programa exibido pela Band na época, fez uma matéria mostrando a chegada do astro ao hotel num comboio com várias carros. O repórter Rafael Cortez tenta, sem sucesso, entrar no local para entrevistá-lo, mas acaba conseguindo uma conversa com Caetano Veloso, que também estava hospedado por lá. “Olha só! Vieram até Bauru,” reagiu o músico.

Assista ao vídeo abaixo:

Kevin Costner em Bauru

O SP Onlive foi organizado pela TV TEM, emissora filiada à Rede Globo, que então foi recebida com mais atenção por Kevin Costner. O repórter Giuliano Tamura, algumas semanas antes do evento, chegou a sair de Bauru e viajar até à Califórnia, nos Estados Unidos, para uma entrevista exclusiva com o ator e músico, em sua própria residência numa fazenda.

Ao falar sobre a expectativa de sua primeira viagem para cá, Costner afirmou que, em sua cabeça, ele imaginava o Brasil um país muito grande. “Um lugar exótico e misterioso”, definiu. Ele ainda elogiou e se identificou com as canções da dupla César Menotti e Fabiano, mostradas pelo jornalista: “a música é universal. As batidas, as vozes e a harmonia”.

Assista:

Continua após o vídeo

Já aqui, antes de subir ao palco, o encontro dos artistas também foi registrado e exibido pelo Fantástico (assista abaixo). Costner chega a se emocionar ao ouvir a dupla cantar e após ganhar uma viola caipira de presente, que ele fez questão de usar no show daquela noite.

César Menotti e Fabiano dizem a Kevin Costner que têm influência do country e do rock americano em seus trabalhos, e o astro internacional acha uma forma de se conectar com os brasileiros, respondendo que sua família também tem raízes no campo, assim como eles.

Veja:

E assim foi o SP Onlive, um festival em Bauru que reuniu de Kevin Costner a Caetano Veloso, passando por Zeca Pagodinho, para um público curioso que não conhecia sequer uma canção da Modern West, mas que recebeu animado seus ilustres convidados.

A propósito, os lançamentos mais recente da Modern West são do ano passado: os singles “Halfway Home”, “The Killer” e “Heaven’s Gate”. Em seu Instagram, Kevin Costner continua divulgando sua carreira de músico, intercalando posts sobre seus trabalhos no cinema.