Moscou Urgente com Datena
Foto: Twitter @mizael198
 

Definitivamente a relação entre o apresentador José Luiz Datena e o presidente Jair Bolsonaro não está lá muito boa.

Em seu programa Brasil Urgente (Band), um dos nomes mais icônicos do entretenimento brasileiro sempre deu espaço para que o atual presidente rebatesse acusações que vem recebendo a respeito de vários pontos do seu governo.

Acontece que recentemente, no dia em que o famigerado vídeo da reunião ministerial veio a público, ele ficou irritado com o fato de que o presidente da Caixa falou que “a Band estava pedindo dinheiro” ao banco.

Segundo Datena, seria necessário investigar essa informação e ele poderia ter falado diretamente a respeito já que havia estado no programa poucos dias antes para “usar” a audiência do cara como forma de explicar sobre o auxílio emergencial.

Moscou Urgente

Agora o assunto é outro e inclui o meme que podemos ver acima.

No programa de hoje (28), Datena compartilhou uma montagem feita com ele trajado todo de vermelho, como se fosse comunista. O nome do programa passou de Brasil Urgente para Moscou Urgente e foram adicionados até a foice e o martelo.

O compartilhamento do meme veio em meio à discussão do apresentador sobre a investigação a respeito das fake news, que têm como foco central o chamado Gabinete do Ódio, onde apoiadores de Bolsonaro coordenariam e distribuiriam mensagens falsas a respeito de opositores sob a suposta liderança do filho do próprio, Carlos Bolsonaro.

Olha lá. O senhor acha legal isso aí, presidente? Quem produz isso aqui? É gente decente da rede social? O senhor acha que eu sou comunista?

O meme surgiu justamente após o episódio onde o apresentador disse que não entrevistaria mais Bolsonaro por conta do episódio da Caixa.

A base de apoiadores do político tem o costume de passar a chamar toda e qualquer pessoa que se manifeste contra seu ídolo de “comunista”, como já aconteceu com tantos nomes, de Sérgio Moro ao ex-secretário da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Na ocasião, Datena também dirigiu duras palavras ao governo federal, como você pode relembrar por aqui.

Assista ao vídeo logo abaixo.

 
 
Compartilhar