Paula Aragão
Foto: Divulgação
 

A cantora cearense Paula Aragão tem familiaridade com música desde os cinco anos de idade. Conforme crescia, passou a ser notada por seu talento para o canto em corais, programas de TV e no teatro musical. Tudo isso culminou no lançamento de “Serpente“, seu primeiríssimo single autoral.

Seguindo uma estética baseada no pop contemporâneo, a música ironiza a personalidade da “erva venenosa”, já consagrada no imaginário popular. No entanto, Paula ainda agrega a essa sonoridade elementos da MPB e da música brega.

Vale citar também os nomes envolvidos na produção da faixa. “Serpente” é assinada por seu irmão Gabriel Aragão (Selvagens À Procura de Lei) e por Yury Kalil (Cidadão Instigado). Não à toa, a canção ainda evoca, em termos líricos e melódicos, a musicalidade de Rita Lee (dona do atemporal hit “Erva Venenosa”, de 2000).

 

EP vindo aí

O lançamento veio acompanhado por um clipe oficial, dirigido por Bruna Sales e com direção de fotografia de Murilo Amancio. O vídeo mostra Paula em diferentes cenários em termos de cores e de elementos, a partir de uma estética vintage.

“Serpente” é o início da divulgação do primeiro EP da cantora, que contará com três músicas. Apesar de ainda não ter uma data de lançamento definida, o trabalho já tem nome certo: Triangular. As faixas trazem discursos atuais, pautados entre questões femininas e a trajetória pessoal de Paula, que vão desde a crítica social até casos de amor.

Enquanto aguardamos a consolidação desse lançamento, confira abaixo o clipe de “Serpente”, com exclusividade do TMDQA!.

 
 
Compartilhar