John Mayer e Ben Gibbard
Reprodução/Twitter e Reprodução/YouTube
 

Nos últimos dias, Gal Gadot, atriz famosa por ser a Mulher-Maravilha, convocou um “flash mob” a partir de seu Instagram. Se dizendo inspirada pelo momento em casa, Gal começou a cantar “Imagine”, de John Lennon, e foi seguida por vários colegas.

Acontece que a iniciativa não pegou bem. Diversas críticas surgiram pelo fato de serem pessoas altamente privilegiadas e, ao invés de estarem fazendo doações e/ou propagando informações úteis, estariam fazendo algo “banal” como o vídeo em questão.

No meio de tudo isso, John Mayer Ben Gibbard (Death Cab for Cutie) aproveitaram para tirar um sarro. O primeiro alega ter sido convidado para participar da ação mas “confundiu as coisas”: ele teria entendido que era para cantar “imagine” de Ariana Grande, do álbum Sweetener (2018) que foi descrito como um “hit gigantesco”.

Você pode conferir abaixo a “explicação” de Mayer e a sua versão hilária encaixada no vídeo original.

“Imagine” com celebridades

Já Ben Gibbard falou sobre a cover de “Imagine” em uma de suas apresentações no YouTube. O vocalista está fazendo diariamente sessões intimistas direto de sua casa para ajudar o pessoal a aguentar a quarentena, e logo no início desta última comentou que ia tocar uma canção de Lennon:

Eu vou começar com uma canção de John Lennon. [risos] Não é ‘Imagine’. Acho que podemos todos concordar que essa música já sofreu o suficiente na última semana.

No vídeo original, além de Gadot, estão nomes como Kristen Wiig, Mark Ruffalo, Amy AdamsNatalie Portman, Pedro Pascal, Jimmy Fallon, Jamie Dornan, Will Ferrell e mais.