Smash - The Offspring
Foto: Divulgação
 

Há 25 anos (e um dia!), o Offspring lançava Smash, disco que catapultaria de vez a banda ao sucesso e ajudaria a colocar o punk mais uma vez no mainstream.

Para celebrar a data, Dexter Holland e Noodles conversaram com a Kerrang! (via Dying Scene) sobre o impacto do álbum. Na entrevista, a dupla revelou que ainda não tinha o grupo como um “emprego fixo” à época, tendo recusado grandes oportunidades por isso.

Noodles, por sua vez, ainda trabalhava como zelador em uma escola:

Antes do Smash, éramos praticamente uma banda de meio período. Mesmo quando explodimos, eu ainda não havia deixado meu trabalho [como zelador na Escola Earl Warren em Anaheim] — eu tirei uma licença de três anos de ausência. Eu ainda estava trabalhando lá quando estávamos estourando porque eu prometi ao meu chefe que não iria desistir até o final do ano letivo. Havia uma garota no colegial que eu conhecia [por lá] e ela costumava me ver de manhã e dizer para mim: ‘Cara, o que você está fazendo? Acabei de te ver na MTV!’

Havia muitas coisas naquela época que não fizemos. Nós não fizemos nenhum programa de TV até o Days Go By [lançado em 2012]! No Smash, recusamos o Saturday Night Live, simplesmente porque achamos que não éramos bons o suficiente. Mais uma vez, acho que tem algo a ver com o fato de sermos uma banda de meio período.

Nós fizemos o Billboard Awards, que foi na TV, mas não foi amplamente televisionado. Os organizadores ficaram chateados por termos tocado ‘Bad Habit’ ao invés de um dos hits, mas pensamos: ‘Somos punks. Nós não somos uma banda pop. Vamos foder as coisas um pouco.’

Dexter ainda relembrou a ocasião, revelando: “Nós realmente consideramos tocar ‘Too Drunk To Fuck’ [do Dead Kennedys] no show da Billboard. No final, tocamos ‘Bad Habit’. Mas tocamos de uma forma crua, e no final eu mergulhei na plateia. Eu me lembro dos olhares nos rostos das pessoas na frente enquanto eu fazia isso, e pensando, ‘Uau, essas não são as mesmas pessoas que nos assistem quando tocamos no Gilman Street!'”.

À época de seu lançamento, o disco do Offspring recebeu certificados de ouro e de platina pelas vendas.

LEIA MAIS: The Offspring vai resgatar sonoridade antiga em novo disco, diz vocalista