Pelebrói Não Sei?
 

Pelebrói Não Sei?

Sexta-feira, dia 23 de Setembro, e o Pelebrói Não Sei? sobe ao palco do Jokers em Curitiba para fazer mais um show que irá deixar todos os fãs satisfeitos e arrebatar novos ouvintes imediatamente. Porque assim são os shows da banda.

Se você não conhece os caras, eles tocam punk rock com uma mistura meio Ramones meio Wander Wildner e eram um dos nomes mais interessantes do independente brasileiro há uns bons 5 anos atrás.

Voltando à ativa recentemente com novas apresentações em sua terra, o quarteto mostra que não veio pra brincadeira.

Aos gritos de “Oneide Viado” (Oneide é o vocalista da banda), os caras começaram seu show e mesclaram músicas principalmente dos seus 2 primeiros discos: Positivamente Mórbido e Lágrimas Alcóolicas.

O jogo já estava ganho e o público cantava literalmente todas as suas músicas, enquanto o palco contava com algumas mulheres dançando esses sons, o que só mudou quando Oneide disse que ia fazer a coisa mais máscula da noite ao expulsá-las de lá.

Oneide aliás é sempre uma atração à parte com suas piadas, interação com o público e performance no palco. Segundo ele, por exemplo, o nome da produtora responsável pelo show deveria se chamar Amada Xota.

“Tum Tum Pá Yeah”, “Velhos Dias (Jeans e Camiseta)”, “Somos Assim”, “O Intrasigente”, “Contra-Senso II”, “Mini Punk”, “Não Dá Nada” estavam todas lá e arrancaram berros do público, inclusive deste que vos escreve, mas ao tocar “Odontalgia” a casa quase veio abaixo. Oneide nem precisava cantar as músicas, já que o público o fazia por ele.

“Ted Holiday Club” foi anunciada como uma marchinha e “Céu Sem Cor” teve participação especial de Fabio Elias, guitarrista e vocalista da Relespública e que hoje tem carreira solo na música sertaneja.

Fabio aproveitou para ficar no palco onde tocou com os Pelebróis “Garoa e Solidão” maior hit de sua banda e também uma cover de “Independente Futebol Clube”, do Ultraje A Rigor, essa sempre presente nos sets do Pelebrói Não Sei?

Ao final do show, “Fantasminha” veio como a música mais conhecida da banda e a interação sempre irreverente de Oneide com o público, pedindo por gritos no microfone.

O “bis” ficou com uma cover de “R.A.M.O.N.E.S.” do Motorhead e uma versão do “Melô Da Popozuda” (lembram dessa música?).

Se um dia o Pelebrói Não Sei? tocar perto de sua casa, vá ao show. Não tem erro. É diversão garantida em uma festa como essa que a Amada Foca produziu e está de parabéns. Ouvi dizer que em Dezembro eles farão novo show pela capital paranaense. Bora?

 
 
Compartilhar