Novo Motorola Razr
 

Quem viveu o início dos anos 2000 certamente se lembre da febre dos flip phones – aqueles celulares que abriam e fechavam, podendo esconder o teclado e cabendo perfeitamente nos bolsos. Era o caso do Motorola Razr, e a empresa está disposta a reviver (e repaginar) o conceito.

Com um preço de “apenas” U$1.500 (cerca de R$6.300, em conversão direta), a nova versão do Razr traz tela touch e um conceito bem interessante. Quando fechado, o celular tem o formato antigo, cabendo no bolso; aberto, ele se assemelha a um smartphone normal e atual.

A empreitada é uma tentativa de recuperar mercado, já que hoje a Motorola tem participação de apenas 8% na indústria. 15 anos atrás, quando o Razr foi lançado pela primeira vez, ele chegou a ser o celular mais vendido.

Confira um vídeo abaixo, mostrando mais detalhes do aparelho.

Motorola Razr

A maior preocupação dos consumidores é com a durabilidade do celular. Isso porque a Samsung tentou algo parecido recentemente, e os aparelhos não resistiram bem ao uso diário. A Motorola, no entanto, parece confiante no seu novo modelo.

Se você ficou interessado, o novo Razr chega ao Brasil em 2020. Você pode ver mais detalhes aqui (em inglês).

LEIA TAMBÉM: Reunião atrás de reunião: por que a nostalgia vende tanto na música?

 
 
Compartilhar