No último final de semana rolou o festival britânico de Glastonbury, e como você viu por aqui, a participação de Kanye West como uma das atrações principais foi bastante controversa.

Artistas como Lily Allen ficaram do seu lado, a ponto da cantora roubar uma bandeira que ofendia West e a queimar, mostrando o processo todo em vídeos no seu perfil do Instagram.

Quem defendeu Lily Allen e também Kanye West foi Blake Schwarzenbach, ícone do rock alternativo/punk rock/emo dos anos 90 através de bandas como Jawbreaker e Jets To Brazil.

Na sua página do Facebook ele falou a respeito:

Obrigado, Sheezuz! Essa é uma grande história e parabéns a Lily Allen por interromper o ruído. Parece que algumas pessoas sentem a necessidade desesperada de registrar seu ódio por Kanye. Ele é um artista de sucesso. Ele também tem muito talento e é um visionário. É a sua ubiquidade que incomoda? Ou seu orgulho? Sim, todo mundo tem mostrado e derrubado bandeiras – então derrube as merdas de bandeiras contra Kanye e sua esposa. As coisas estão ficando meio enjoadas para fãs (como eu) de Yeezie.

Blake cita a esposa de Kanye, Kim Kardashian, pois ela também foi alvo de uma bandeira durante o festival. Nela, estava estampada uma cena da sex tape de Kardashian com um ex namorado que vazou há alguns anos.

Thank you, Sheezuz! This is a great story and bravo Lily Allen for interrupting the noise. It does seem like some…

Posted by Blake Schwarzenbach on Quinta, 2 de julho de 2015