Tom Morello pede para que metaleiros sejam mais ativistas:
Reprodução/YouTube

Além de ser reconhecido por todo seu incrível talento musical, Tom Morello também se destaca por seu papel como ativista político e recentemente fez um apelo para que outros metaleiros também ajudem a fazer a diferença no mundo.

Ao participar da coletiva de imprensa no Hellfest, na França, no último final de semana, o lendário guitarrista do Rage Against The Machine comentou que a mudança social sempre foi uma de suas principais motivações para criar novas músicas.

Além disso, ele revelou onde encontra inspiração para suas composições, enquanto vive em um mundo que está enfrentando cada vez mais problemas (via Blabbermouth):

Em qualquer momento histórico, você está no lugar onde vive e está no lugar onde estava. É isso. Então algumas pessoas ficam tipo, ‘Vocês fizeram discos do Rage há 30 anos, e agora olham para o estado horrível do mundo’. Imagine como seria se não tivéssemos feito discos do Rage há 30 anos.

A cada momento, você faz o que pode, quando pode, onde pode. É assim que eu vejo. E o arco da história é longo, e há tempos muito, muito desafiadores agora, certamente no meu país, e eu sei que aqui também. E em parte, literalmente o destino do planeta está em jogo ao longo das próximas décadas. Então é hora dos metaleiros se recomporem.

Tom Morello faz apelo por ativismo de metaleiros

Em seu discurso inspirador, Tom Morello destacou o poder que qualquer pessoa tem de influenciar os outros através de suas ações. O guitarrista afirmou que todos são “agentes da história” e por isso deveriam estar agindo e não atuando apenas como espectadores:

Em 21 discos, há realmente uma mensagem que é um fio condutor em toda a minha música, e é que o mundo não vai mudar sozinho. Isso depende de você. E por você, eu quero dizer literalmente você — as pessoas assistindo; é assim que o mundo muda. E às vezes parece esse tipo de problema gigantesco que nunca seremos capazes de superar e o mundo não pode ser mudado ou as piores pessoas são as que estão no comando, e elas geralmente estão. Mas você não é testemunha da história; você é agente da história. História não é algo que aconteceu; é algo que você faz.

Sempre que houve uma mudança progressiva radical, até mesmo revolucionária positiva para melhor, ela veio de pessoas que não são diferentes de ninguém nesta sala ou de qualquer um dos públicos para os quais você está escrevendo ou para os quais seus vídeos são feitos. Uma vez que você tenha essa percepção de que você tem suas mãos no volante da história e deste planeta, e se você quiser torná-lo mais pacífico, um lugar mais justo, mais igualitário, mais antirracista, mais ecologicamente correto, não há ninguém para culpar se isso não acontecer a não ser você por não se levantar.

Seu apelo para que outros artistas também se tornem ativistas surge em meio a uma série de situações que estão acontecendo ao redor do mundo, como a guerra na Palestina, a luta pelos direitos trans e tantas outras questões. Difícil discordar das palavras de Morello, né?

Confira o vídeo da coletiva ao final da matéria!

Tom Morello lançou single com o filho adolescente

Na semana passada, Tom Morello disponibilizou a primeira prévia do seu próximo disco solo, o single “Soldier in the Army of Love”, lançado em parceria com seu filho de 13 anos, Roman.

Atendendo aos próprios pedidos de Tom, a letra da nova música aborda crises mundiais, incluindo questões de imigração e os problemas envolvendo forças policiais. Você pode ouvir aqui.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!