Hino: Freddie Mercury canta “Evidências” em versão IA de arrepiar

Versão criada por IA de Freddie Mercury mostra toda a potência do vocalista do Queen cantando em português o hino "Evidências", de Chitãozinho & Xororó.

Freddie Mercury canta Evidências em versão de IA
Freddie Mercury canta Evidências em versão de IA

Já imaginou Freddie Mercury cantando “Evidências”, verdadeiro hino entre os brasileiros e sucesso do repertório da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó?

Apesar da música ter sido lançada no álbum Cowboys do Asfalto, de 1990, ou seja, antes do falecimento do saudoso vocalista do Queen em Novembro de 1991, é bem difícil acreditar que Freddie tenha tido acesso a uma das mais representativas canções da cultura popular nacional.

Porém, como temos mostrado com frequência, praticamente nada é impossível para as inteligências artificiais e um usuário do YouTube compartilhou recentemente uma versão de “Evidências” cantada por Mercury a partir do uso de IA.

No registro, a versão falsa de Freddie mostra toda a potência da sua voz cantando em português com aquele sotaque que beira até o cômico, como acontece com muitos artistas de fora que se arriscam em versos no nosso idioma.

Em alguns momentos, é preciso admitir que o resultado ficou realmente impressionante. Na marca de 1 minuto e meio, por exemplo, temos um momento que definitivamente vai te deixar arrepiado — seja por lembrar de toda a força de Freddie Mercury ou por todo o receio que envolve a inteligência artificial e como ela pode ser tão precisa.

Ficou curioso? Confira o vídeo ao final da matéria ou clicando aqui!

Pilares para regulamentar a inteligência artificial

As iniciativas para se tentar regular a IA, aliás, estão cada vez maiores, ainda mais em meio a músicas cantadas por artistas que nos deixaram e até “novos discos” de bandas que já acabaram surgindo por conta da tecnologia.

Em Julho, 11 organizações que representam mais de 6 milhões de artistas em todo o mundo divulgaram uma carta aberta sobre o tema. No texto, as instituições propuseram sete medidas para que o uso das inteligências artificiais respeite os direitos autorais, remunere corretamente os criadores das obras originais e “proteja a criatividade humana”.

Será que, finalmente, será estabelecido algum controle sobre o assunto?

LEIA TAMBÉM: Lucas Sfair vai além das obviedades e mostra potencial da Inteligência Artificial em clipe incrível de “O Outro Lado”; assista

Freddie Mercury cantando “Evidências” em versão de IA