Canto Cego reforça seu posicionamento crítico em novo disco que celebra os 10 anos de carreira da banda; ouça
Foto por Paulo Barros

Completar uma década de carreira é sempre importante para uma banda. No caso do grupo carioca Canto Cego, permanecer com a mesma formação desde o início permite que eles mostrem sua evolução musical em seus novos projetos e consigam reforçar seu comprometimento e dedicação pela música.

Para celebrar o marco e reafirmar sua presença no cenário musical brasileiro, a banda formada por Roberta Dittz (voz), Rodrigo Solidade (guitarra), Ruth Rosa (bateria) e Magrão (baixo) compartilhou com os fãs o seu terceiro disco de estúdio, homônimo.

Mostrando seu amadurecimento artístico e criativo, o quarteto apresenta nas 12 faixas do álbum músicas que mesclam sonoridades do rock e da música brasileira, apresentando através do disco uma mensagem que serve como guia de seu posicionamento crítico, social e político, que sempre acompanhou o grupo em seus lançamentos.

Sobre Canto Cego, Roberta declarou em nota:

Neste álbum homônimo, estamos fazendo um exercício muito especial de autoafirmação, colocando o nosso nome em destaque, reafirmando a nossa presença, sem medo de deixar uma marca.

Ouça o disco no player ao final da matéria!

Continua após o vídeo

Canto Cego lança novo disco e celebra 10 anos de carreira

Como descrito pela banda, as músicas do trabalho sucessor de Karma (2019) percorrem todas as suas potencialidades, passando por momentos mais poéticos com ambientações imersivas e indo até faixas mais pesadas, com bastante barulho e distorções que expressam a essência visceral da Canto Cego.

Considerado um de seus trabalhos mais pessoais até hoje, o disco começou a surgir em dezembro de 2022 após a aprovação do projeto pelo FOCA (Fomento à Cultura Carioca) e teve suas músicas gravadas em um estúdio no Complexo da Maré, onde a banda foi criada. Além disso, esta foi a primeira vez que eles assinaram a produção musical de um dos seus álbuns.

Continua após o vídeo

Singles de Canto Cego

Como prévia de Canto Cego, o grupo disponibilizou anteriormente a canção “Farsa (Alvorada)”, que abre o disco e expressa a esperança por um novo tempo. Ela conta com a participação de Pedro Guinu com seus sintetizadores e samples modernos, que contribuíram trazendo um ar contemporâneo à música.

Além disso, o quarteto divulgou o single “Fica Comigo”, uma balada emocionante que aborda o desejo da banda de estar próxima das pessoas amadas, seja em um relacionamento romântico ou não, enfrentando desafios e superando obstáculos, reconhecendo o potencial de crescimento que há em estar juntos.

Música mais recente a ganhar clipe, “Fogo”, que encerra a primeira metade do disco, é outro grande destaque do álbum. A faixa é uma ode ao empoderamento feminino, às contradições da sexualidade e também à repressão religiosa, apresentando letras intensas e uma melodia marcante.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!