Dead Man's Bones: conheça a banda de Ryan Gosling que gravou seu único disco com coral fundado por Flea (RHCP)
Reprodução/YouTube

O sempre ótimo Ryan Gosling voltou a explorar seus talentos musicais no filme Barbie, assim como chamou a atenção dos fãs ao soltar a voz em La La Land (2016), mas o que talvez nem todos saibam é que ele chegou até a ter uma banda.

O astro que iniciou sua carreira artística no famoso Mickey Mouse Club ao lado de outras futuras estrelas, como Britney Spears e Justin Timberlake, foi apresentado ao músico e produtor cinematográfico Zach Shields em 2005, quando ambos namoravam as irmãs McAdams – Gosling estava com Rachel McAdams, sua parceira do filme Diário de uma Paixão (2004), e Zach com a irmã da atriz, Kayleen.

Quando se aproximaram, Gosling e Shields descobriram que compartilhavam de uma obsessão mútua com o icônico brinquedo Haunted Mansion, a Mansão Mal-Assombrada da Disneyland.

Além disso, os dois não tinham uma relação muito tranquila com o conceito do sobrenatural quando crianças. Zach ficou tão aterrorizado com a ideia de fantasmas que foi colocado na terapia quando era pequeno, e os pais de Ryan saíram de sua casa de infância porque acreditavam que ela era mal-assombrada.

Porém, podemos dizer que esses traumas influenciaram, de certa forma, os músicos a criarem uma banda chamada Dead Man’s Bones (em tradução livre, algo como “Ossos do Homem Morto”) e escreverem canções evocando temas macabros como morte, cemitério, almas e mais em seu disco autointitulado, lançado em 2009 pela ANTI Records e produzido por Tim Anderson, do Ima Robot.

Continua após o vídeo

Disco de estreia do Dead Man’s Bones

O álbum do Dead Man’s Bones, único lançamento da banda até hoje, contou com a colaboração especial do coral infantil Silverlake Conservatory of Music, fundado pelo lendário baixista do Red Hot Chili Peppers, Flea.

No disco, é possível perceber influências do rock gótico, folk e blues, traduzidas de forma única por Ryan Gosling e Zach Shields. Isso porque ambos decidiram tocar quase todos os instrumentos usados nas músicas, mesmo aqueles que nunca haviam tocado antes.

O astro de Barbie contou à Rolling Stone que aprendeu a tocar até violoncelo sozinho para a faixa “Buried in Water”, depois que dois violoncelistas que eles tinham recrutado se revelaram uma fraude.

Eles inclusive impuseram diversas regras a si mesmos durante o processo de gravação, incluindo tocar sem metrônomo e não fazer mais do que três takes por parte, deixando que qualquer imperfeição destacasse os pontos fortes da música.

Continua após o vídeo 

Após o lançamento do disco, Gosling e Shields realizaram uma única turnê pelos Estados Unidos, em 2009, e decidiram convidar corais locais para se juntarem a eles por não conseguirem levar os integrantes do Silverlake Conservatory of Music para todo o país.

Além disso, tornando a experiência ainda mais interessante, a dupla decidiu fazer um show de talentos com apresentações de artistas locais no lugar dos shows de abertura.

Ryan Gosling cantando em Barbie

Apesar de Ryan Gosling não ter lançado outros projetos com sua banda desde 2009, o artista encontrou outras formas de continuar colocando o canto em prática.

Após sua aclamada participação no filme indicado ao Oscar La La Land em 2016, em que canta ao lado de Emma Stone, neste ano o astro assumiu os vocais da música “Just Ken”, que integra a trilha sonora do filme de Greta Gerwig, Barbie, nos cinemas desde esta quinta-feira (20).

Como te contamos anteriormente, a faixa conta com a contribuição pra lá de especial do guitarrista Slash e também de Wolfgang Van Halen e do baterista Josh Freese.

Além disso, o personagem de Gosling, Ken, é também um verdadeiro fã de lendas do Metal como Alice in Chains e Metallica. Saiba mais aqui e ouça no player abaixo o disco de estreia do Dead Man’s Bones!

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!