Alex Turner, vocalista da banda Arctic Monkeys
Foto de Alex Turner via Shutterstock

Mergulhar nas letras de uma banda é sempre uma tarefa divertida para os fãs mais fervorosos. No caso do Arctic Monkeys, além de muitos versos confessionais e outros que não fazem tanto sentido, Alex Turner também costuma trazer várias referências, até mesmo do cinema.

Foi o que mostrou uma fã do grupo nas redes sociais, em uma thread que você pode conferir originalmente aqui e que foi traduzida para o português pelo pessoal do Acervo Arctic Monkeys.

A postagem traz 7 exemplos em que Alex usou filmes em trechos de letras, e isso inclui até mesmo sucessos como “Old Yellow Bricks” (que, pelo próprio título, já dá pra captar a inspiração em O Mágico de Oz) e “505”, que conta com sample de um western dirigido pelo lendário Sergio Leone.

A fã ainda sugere que os fãs façam uma maratona com os filmes referenciados pela banda; afinal de contas, muitos são grandes clássicos, super importantes na história do cinema. A gente assina embaixo da sugestão e você pode conferir essa lista logo abaixo!

7 vezes em que Alex Turner citou clássicos do cinema em letras do Arctic Monkeys

1. “Old Yellow Bricks” (Favourite Worst Nightmare, 2007)

  • Referência: O Mágico de Oz
  • Trecho da letra: “Dorothy was right though” (“Dorothy estava certa, no entanto”)

2. “Black Treacle” (Suck It and See, 2011)

  • Referência: Butch Cassidy and the Sundance Kid (Dois Homens e um Destino)
  • Trecho da letra: “I feel like the Sundance Kid behind a synthesiser” (“Eu me sinto como o Sundance Kid atrás de um sintetizador”)

3. “Arabella” (AM, 2013)

  • Referência: Barbarella, A Rainha da Galáxia
  • Trecho da letra: “She’s got a Barbarella silver swimsuit” (“Ela tem um maiô prateado da Barbarella”)

4. “Knee Socks” (AM, 2013)

  • Referência: Mean Streets (Caminhos Perigosos)
  • Trecho da letra: “Like the beginnin’ of Mean Streets / You could be my baby” (“Como o começo de Mean Streets / Você pode ser a minha garota”)

5. “Star Treatment” (Tranquility Base Hotel & Casino, 2018)

  • Referência: Blade Runner
  • Trecho da letra: “What do you mean you’ve never seen Blade Runner?” (“Como assim você nunca assistiu a Blade Runner?”)

6. “Batphone” (Tranquility Base Hotel & Casino, 2018)

  • Referência: Trilogia da Vingança
  • Trecho da letra: “Vengeance Trilogy wallpaper walls” (“Paredes com papéis de parede de Trilogia da Vingança”)

7. “505” (Favourite Worst Nightmare, 2007)

  • Referência: O Bom, O Mau e O Feio
  • Trecho da letra: Sample utilizado na canção (veja a seguir)

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!