AIR filme do Michael Jordan Nike
Divulgação

Logo em seus primeiros minutos, AIR: A História por Trás do Logo nos presenteia com um grande clássico do Rock dos Anos 80. Enquanto imagens históricas dos EUA daquela época são exibidas, “Money for Nothing”, grande sucesso do Dire Straits, dá o tom que ambienta toda a existência do longa.

Vamos voltar um pouco: o filme lançado há alguns dias é um dos mais aclamados do cinema no momento e estrela grandes nomes do calibre de Ben AffleckMatt Damon para contar a história de como Sonny Vaccaro, da Nike, convenceu sua empresa a apostar em Michael Jordan e mudou não apenas a história da companhia como de toda a indústria esportiva.

Por isso, o longa se passa nos anos 80 — o lendário MJ entrou na liga a partir do Draft de 1984, revolucionando o esporte nos anos seguintes — e toda a ambientação musical foi pensada para te transportar para essa época. O trabalho foi feito com maestria por Andrea von Foerster, premiada supervisora musical com créditos em filmes e séries como YellowstoneTulsa King, além de M3GANA Morte Te Dá Parabéns.

A importância dessa tarefa era tão grande que as músicas eram até citadas em falas no filme, como no caso de “Born in the U.S.A.”, de Bruce Springsteen. Através da discussão dos personagens sobre o verdadeiro significado da faixa, conseguimos conhecer um pouco mais sobre cada uma de suas personalidades e somos levados a uma discussão “mundana” da época, como explica o próprio Ben Affleck em comunicado de imprensa:

Mais do que ter um compositor tentando reproduzir o som distinto dos anos 1980, com seus elementos pesados de sintetizador, eu queria incorporar seleções de partituras reais de filmes daquela época. Se passarem desapercebidas, ainda assim espero que a música sirva para, de maneira subconsciente, levar o público àquela época.

Continua após o vídeo

Como a trilha sonora impacta a experiência de AIR: A História por Trás do Logo

Para além da cena inicial com “Money for Nothing”, a música cumpre um papel bem importante em AIR. Um dos maiores e mais explícitos exemplos disso é a presença de “My Adidas”, canção do Run-DMC que fez parte do disco Raising Hell (1986) e marcou época por ser um dos primeiros exemplos da cultura sneaker chegando ao mainstream.

No filme, claro, você pode ficar confuso: como assim uma música sobre Adidas foi parar ali? A ideia era justamente mostrar, tanto através de uma cena quanto através do uso da canção em si, que a Nike era vista na época como uma terceira força no quesito tênis de basquete, perdendo feio para a Converse e para a Adidas, que era grande moda entre os jovens.

É justamente isso que a existência de “My Adidas” simboliza — uma convergência da cultura que mais vinha ganhando popularidade na época, o Rap, com o tênis que era a preferência número um de Michael Jordan e serviu como maior obstáculo para Sonny Vaccaro e companhia. “Para ser legal, precisa ter Adidas no pé”, era a mentalidade da época.

A gente sabe que essa história terminou diferente…

Continua após o vídeo

Trilha sonora de AIR traz até referência ao Chicago Bulls

Outro momento bem simbólico de AIR é quando, quase sorrateiramente, Andrea conseguiu inserir “Sirius”, do Alan Parsons Project, no longa. A música aparece nos momentos que antecedem a reunião entre a Nike e a família Jordan, a qual Sonny Vaccaro batalhou tanto para conseguir. Dando o tom de preparação, a canção se encaixa perfeitamente!

Isso porque “Sirius” era usada como música de introdução do Chicago Bulls durante a era Michael Jordan, e ficou eternizada por isso. No vídeo acima você consegue ver como era esse momento de arrepiar até os cabelos da nuca, e isso chegou até a ser mostrado também no filme Space Jam.

Continua após o vídeo

Agora que você já conheceu um pouco mais do filme, vem com a gente conhecer todas as músicas usadas na trilha sonora de AIR: A História por Trás do Logo. O filme ainda está em cartaz nos cinemas brasileiros.

Trilha sonora de AIR: A História por Trás do Logo

Dire Straits – “Money for Nothing”

Álbum: Brothers in Arms (1985)

Violent Femmes – “Blister in the Sun”

Álbum: Violent Femmes (1983)

Chaka Khan – “Ain’t Nobody”

Álbum: Stompin’ at the Savoy (1983)

Night Ranger – “Sister Christian”

Álbum: Midnight Madness (1983)

Mike + The Mechanics – “All I Need Is a Miracle”

Álbum: Mike + The Mechanics (1985)

Bruce Springsteen – “Born in the U.S.A.”

Álbum: Born in the U.S.A. (1984)

The Alan Parsons Project – “Sirius”

Álbum: Eye in the Sky (1982)

The Clash – “Rock the Casbah”

Álbum: Combat Rock (1982)

Run-DMC – “My Adidas”

Álbum: Raising Hell (1986)

Squeeze – “Tempted”

Álbum: East Side Story (1981)

Cyndi Lauper – “Time After Time”

Álbum: She’s So Unusual (1983)

REO Speedwagon – “Can’t Fight This Feeling”

Álbum: Wheels Are Turnin’ (1984)

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!