Donald Glover e Drake
Foto por Shutterstock | Wikimedia Commons

Donald Glover falou recentemente sobre a origem de uma de suas músicas mais famosas, “This Is America”, lançada em 2018 sob seu pseudônimo Childish Gambino.

Em uma nova entrevista à GQ (via HipHopDx), o músico pegou todos de surpresa ao revelar que a canção começou como uma piada e pretendia ser uma diss track (faixa com ofensas) direcionada a Drake.

Ao descrever o início da criação da música, Glover explicou:

Eu sou apenas real. Como nós, sabe, o tempo é o forno que faz algo especial. Mas nós trabalhamos muito. Eu tive a ideia três anos antes. Eu contei a ideia ao [diretor] Hiro [Murai] e ele disse: ‘Eu realmente quero fazer isso.’ A ideia da música começou como uma brincadeira. Para ser completamente honesto, o verso ‘This is America’ era tudo que tínhamos.

A música começou como uma diss track pro Drake, para ser honesto, era um jeito divertido de fazer isso. Mas então eu pensei, essa merda parece meio difícil. Então eu disse, ‘deixe-me brincar com isso.’

Na conversa, Donald Glover também apontou que seus movimentos de dança no aclamado clipe de “This Is America” foram inspirados no lendário clipe de “Thriller”, de Michael Jackson, e a gravação aconteceu depois que ele e sua equipe “estudaram” o clipe “por um longo tempo”.

Apresentando vocais de fundo de Young Thug, Slim Jxmmi (Rae Sremmurd), BlocBoy JB, Quavo (Migos) e 21 Savage, Glover descreve seu hit como “‘We Are The World’ para o trap”.

A música, que reflete tanto em sua letra como no clipe a injustiça social e racial, a brutalidade policial e questões mais amplas de tiroteios em massa e violência armada nos EUA, foi o primeiro rap a ganhar duas das principais categorias do Grammy: Gravação do Ano e Canção do Ano.

Donald Glover x Drake

O desentendimento entre Gambino e Drake teve início por volta de 2014, após o músico ter dito durante um show em Sydney, Austrália, que ele era melhor do que o rapper canadense, Kendrick Lamar e ScHoolboy Q juntos.

Depois de um tempo, Glover disse em uma entrevista ao Breakfast Club que todo rapper deveria se sentir assim sobre si mesmo e aprofundou seu argumento declarando:

Todo rapper deveria se sentir assim. Porque eu me sinto assim. Essa é a minha verdade. Eu disse esses rappers em particular porque eu sinto que eles são os melhores. Eu sinto que eles são os melhores. Kendrick, Drake, ScHoolboy, eu os ouço o tempo todo. Eu acho que eles são realmente bons. Eu realmente acho que eles são os melhores… Tenho certeza que eles estão bem com [isso]. Essa é a coisa. Kendrick está bem com isso. Drake provavelmente não está levando isso muito bem.

Eu conheço os caras da TDE [gravadora Top Dawg Entertainment]. Eles são os caras mais reais do Hip Hop. Eles entendem. Eles pensam, tipo, ‘Sim, você deveria se sentir assim’. Estamos em uma competição. Eu me lembro quando ‘Because the Internet’ estava sendo lançado, ScHool me atingiu, ele disse ‘Essa coisa é louca’ ou algo assim. E eu estava dizendo a ele a mesma coisa. Porque quando é bom eu fico tipo ‘Cara, eu queria ter feito isso’. É competição…

Desde sua explicação, parece que os rappers se entenderam e, ao que tudo indica, se tornaram bons amigos. Após Glover lançar seu terceiro disco de estúdio, Awaken My Love, em 2016, que inclui o hit “Redbone”, Drake compartilhou uma foto do rapper ao lado do produtor Nineteen85 e declarou:

Seres humanos muito inspiradores.

Nineteen 85 é responsável pelas batidas de algumas das maiores faixas de Drake incluindo “Hotline Bling” e “One Dance”.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!