Fernando Motta, Jonathan Tadeu & Vitor Brauer
Foto por Deni Takeda

Os mineiros Fernando Motta, Jonathan Tadeu e Vitor Brauer se reuniram para o primeiro disco do projeto Quebra Asa, uma plataforma colaborativa de experimentação entre músicos do coletivo Geração Perdida de Minas Gerais.

O resultado desse encontro é o álbum Quebra Asa, Vol. 1 — já disponível nas plataformas digitais. Fernando Motta conta que o álbum começou a ser idealizado em Maio de 2022 e as únicas regras eram que eles seriam “uma banda de rock, as músicas teriam energia” e tentariam “fugir um pouco do que cada um faz na sua carreira solo“.

Com Jonathan no baixo, Vitor na bateria e Fernando na guitarra e voz, o disco foi gravado quase que numa toada só, no Cavalo Estúdio, em São Paulo, por Gabriel Olivieri. O registro captou a atitude punk do trio, mas sem deixar de fora o seu lado lírico e melódico. Os músicos esperam que essa energia e o espírito de experimentação perpetue pra quem for fazer o Quebra Asa, Vol. 2.

Gato Negro

Gato Preto
Foto por Tarcísio Ferrreira

Formada por Paulo Franco (vocal e guitarra), Wilson Silva (bateria) e André Damasceno (baixo), a banda alagoana Gato Negro lançou recentemente seu segundo álbum de estúdio. Intitulado Mestiço, o trabalho mostra uma nova página de um grupo que não teme se reinventar.

A novidade chega marcada pela presença de grooves mais psicodélicos e dançantes dos anos 70, mesclando ao rock alternativo e ao blues. O resultado é um disco para se ouvir no fim de noite ou para relaxar em casa e vislumbrar dias melhores, como conta o vocalista e guitarrista Paulo Franco, que também assina a produção musical:

‘Mestiço’ é a evolução natural de ‘Cio’, nosso disco de estreia. Uma mistura de sentimentos aguçada pelo isolamento da pandemia e uma vontade louca de emanar energias positivas.

LIVY

Livy
Foto por Paulo Macarini

A cantora e compositora paulista LIVY resgata suas raízes em seu novo single, “Ameaça”. A faixa, que aborda a dualidade, o maniqueísmo e o perigo em algo inevitavelmente sedutor, é a primeira amostra de seu álbum de estreia, It was never dead, just resting, previsto para 2023.

Pautado pelo renascimento, o disco irá apresentar, além de novas composições, algumas canções escritas por LIVY no início da carreira, o que ela considera o “lado B” do trabalho. Curiosamente, é uma dessas faixas que abre a divulgação do álbum. A artista explica a escolha:

[…] Ela representa minha raiz, de onde eu vim, e as nossas raízes dizem bastante sobre a gente. Honre-as sempre que possível. Isso nunca vai fazer com que você erre a direção. Honre mesmo aquela versão ‘rascunho’ que fez você chegar até aqui. ‘Ameaça’ é sinônimo da artista em formação, buscando identidade e se colocando no mundo. Acho que é uma boa forma de recomeçar.

Confira a seguir!

Ousel

Ousel
Foto: Divulgação

De formação nova, a banda goiana Ousel lança seu novo EP! Yellow Wallpaper é o primeiro lançamento do grupo com a nova vocalista, Thaís Michelone. O registro foi realizado durante o período de isolamento social e gravado totalmente à distância, com produção de Luis Calil (Cambriana).

Renato Fernandes (guitarra/baixo), Túlio Queiroz (guitarra/baixo) e Raphael de Almeida (bateria/vs) completam o quarteto que desenvolve um projeto musical alicerçado na construção de paisagens sonoras carregadas por ecos e reverberações.

Nesse novo trabalho, a banda segue aperfeiçoando o indie rock etéreo presente em seu primeiro disco; porém, traz arranjos e melodias ainda mais trabalhadas, e um contrabaixo muito mais destacado. São 3 faixas no total, todas compostas por Thaís Michelone, que deram ao EP uma identidade ainda mais sombria e condizente com seu instrumental.

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!