Pusha T rompe com Kanye West
Imagens: Divulgação/Shutterstock

Depois de ter a maioria dos contratos com marcas e patrocinadores rompidos e perder mais da metade de seu patrimônio, agora Kanye West também está sendo isolado por seus principais parceiros musicais, caso do rapper Pusha T.

Na última semana, após mais uma guinada de Ye para um discurso racista e antissemita, chegando a dizer que “Hitler merece perdão”, Pusha T decidiu abandonar a presidência da gravadora G.O.O.D. Music.

Criada por Kanye West, a empresa era uma subsidiária da gigante Def Jam, que também encerrou o contrato após as declarações do rapper. Pusha T estava na gravadora desde 2010 e se tornou presidente em 2015.

Agora, ele tem um acordo direto com a Def Jam para lançar material por um selo próprio, chamado Heir Wave Music Group. O álbum It’s Almost Dry, lançado por Pusha em abril de 2022, foi o último da G.O.O.D. Music no geral.

Pusha T diz que sempre discordou de Kanye West

Em entrevista à revista XXL (via Stereogum), Pusha T disse que a última vez que conversou com Kanye foi durante a turnê de It’s Almost Dry, durante o outono no hemisfério norte.

Ele lembrou que condenou publicamente as declarações mais recentes de West, mas que sempre discordou das posições do antigo parceiro:

Nós trabalhamos juntos desde 2010, então a nossa relação nunca teve filtros. Eu sempre falei o que penso para ele. As pessoas têm que se lembrar que eu sempre discordei dele politicamente. Quando ele falou mal do Obama, eu fui encontrar o Obama. No fim das contas, as coisas que ele está dizendo são mais que decepcionantes. São erradas e ponto final. Mas são só opiniões diferentes das minhas, coisa que temos há anos.

Justo?

LEIA TAMBÉM: Kanye West termina 2022 com elogios a Hitler e ótimos resultados no Spotify

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!