Branco Mello Marcelo Fromer Titãs
Divulgação/Reprodução: YouTube

Como te contamos por aqui, os Titãs deram uma grande notícia para o Rock nacional nesta quarta-feira (16) ao anunciarem uma turnê de reunião. Um dos momentos mais emocionantes da coletiva de imprensa foi quando a banda lembrou do guitarrista Marcelo Fromer.

O saudoso músico, que faleceu em 2001, é o único da formação clássica da banda que não poderá estar na turnê “Encontro”, que terá 10 shows pelo Brasil em 2023 com Arnaldo Antunes, Charles Gavin, Nando Reis e Paulo Miklos se juntando aos membros remanescentes Branco Mello, Sérgio Britto e Tony Bellotto.

Ao falar sobre a memória de Marcelo Fromer, o também guitarrista Tony Bellotto aproveitou para celebrar a recuperação de Branco Mello, que se curou recentemente de um câncer na garganta.

O baixista e vocalista, que ficou sete meses afastado dos palcos entre 2021 e 2022 e passou por três cirurgias, ganhou um abraço de Tony e aplausos dos jornalistas (assista ao vídeo mais abaixo):

É um momento muito legal também porque o Branco está aqui curado, ele tá falando pouco porque tá rouco ainda, mas já está curado! Isso enche a gente de felicidade, e remete à grande tragédia que vivemos, que foi a morte do Marcelo. Pra esses shows teremos a Alice Fromer, que era uma menininha quando ele morreu, e hoje é uma cantora. A participação dela nos shows é uma forma dele estar ainda mais presente. O Marcelo é tão responsável por tudo isso quanto quaquer um de nós.

Titãs falam sobre “superar diferenças” entre os integrantes

Além de Alice Fromer subindo no palco em alguns momentos, o show também terá o lendário produtor e músico Liminha fazendo as partes de guitarra de Marcelo Fromer.

Sérgio Britto lembrou que o guitarrista era uma espécie de “pacificador” na banda, e foi em homenagem a ele que os integrantes decidiram “resolver suas diferenças” agora, em 2022:

Também é bacana lembrar do Marcelo agora, que a gente conseguiu realizar esse encontro, tocar juntos e aparar as arestas que existem entre nós como em qualquer relação. O Marcelo era o melhor amigo de todo mundo, era a cola entre nós, do ponto de vísta pessoal. Ele tinha uma inteligência emocional muito grande. O fato de estarmos juntos me lembra muito dele. A gente ter conseguido acertar nossas diferenças e ficado com o que temos de bom. Esses shows são dedicados e ele.

Assista abaixo às declarações de Tony Belotto e Sérgio Britto no Instagram do TMDQA!, que fez a cobertura completa desse anúncio histórico para a música brasileira!

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!