Planet Hemp vídeo fascismo
Reprodução/Twitter

Nesta terça-feira (5), o Planet Hemp divulgou um vídeo nas redes sociais em aquecimento ao disco que a banda irá lançar este mês. Nele, Marcelo D2, BNegão e companhia falam sobre seus maiores incômodos no cenário político do Brasil atualmente.

Ao lado dos músicos Formigão, Pedro Garcia e Nobru, que completam a formação atual do grupo, eles discutem o poder do Estado em inflar o medo na população em momentos de extremismo.

Passadas as Eleições do último domingo, Marcelo D2 avalia que ainda há brasileiros que apoiam a ditadura militar e candidatos ligados ao autoritarismo:

— Como alguém pode apoiar uma ditadura militar? Mas as pessoas apoiam.

— É, apoiam porque têm medo.

— Apoiam porque são imbecis também.

— Quando uma pessoa tá com medo e não sabe do que se trata, e vem alguém e fala ‘olha, a solução é essa aqui, a culpa é dessa pessoa aqui’. Aí o cara embarca porque tá com medo, ele não tá com amor no coração. O medo é uma arma do Estado, e todo mundo fica dominado. É a política mais antiga do mundo.

Você pode assistir abaixo ao vídeo em que os integrantes discutem essas questões, no Twitter do TMDQA! ou no da própria banda.

Disco novo do Planet Hemp chega este mês

Depois de lançar o single “DISTOPIA” em parceria com Criolo no fim de setembro, o Planet Hemp prometeu um disco cheio em outubro, que será o sucessor de A Invasão do Sagaz Homem Fumaça, de 2000.

Com frases como “os que detêm o poder precisam ter medo do povo”, a música mostrou que o primeiro álbum da banda em 22 anos deverá manter o forte teor social e crítico que o grupo sempre teve.

LEIA TAMBÉM: Em 1998, Luciano Huck levava Planet Hemp à TV para primeira apresentação após a prisão

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!