Andreas Kisser, do Sepultura, com a esposa Patricia Perissinotto
Reprodução/Instagram

Andreas Kisser falou recentemente sobre os últimos dias de vida de sua esposa Patrícia Kisser, que faleceu em Julho deste ano.

O guitarrista do Sepultura participou do programa Conversa com Bial na última quarta-feira (21) e por lá comentou alguns dos últimos desejos da médica.

Como falamos anteriormente, Patrícia morreu aos 52 anos após uma luta contra o câncer no cólon. Segundo Andreas, a eutanásia seria um dos procedimentos viáveis para o caso da esposa, se ela fosse permitida no Brasil. Ele disse (via Rolling Stone Brasil):

Os últimos dias dela foram muito difíceis. A Patrícia estava consciente até o fim. O caso dela era um caso clássico de eutanásia. Se nós tivéssemos isso na lei brasileira, legalmente, poderíamos ter usado no caso dela. Ela não aguentava mais, o corpo não funcionava mais, irreversível, com dor.

Andreas Kisser relembra últimos dias de sua esposa

Na conversa, Kisser revelou que passou a entender melhor os processos para diminuir dor de pacientes em estágios avançados e esta é uma discussão à qual ele pretende dar continuidade:

O mais importante é a gente falar o processo que passamos como família. Comecei a entender mais sobre o processo paliativo, eutanásia, subsídio assistido, tudo isso que a gente, infelizmente, não fala durante a vida.

Apesar da morte ser um assunto delicado para muitos pessoas e pouco discutido, Patrícia procurava tratar sobre o tema de forma leve. Isso fez com que sua família encarasse a fatalidade com um pouco mais de preparo para atender seus últimos desejos, como Andreas contou:

Ela falava que quando morresse ela não queria ser colocada em um caixão sem travesseiro, sem cobertor. Pedia uma meinha no pé e ela sempre brincava com isso. ‘Quero ser cremada e colocada em uma garrafinha tipo ‘Jeannie é um Gênio’ para ficar de olho em vocês.’ Fizemos tudo isso.

Patrícia deixou três filhos com Andreas: Enzo, Giulia e Yohan.

Patfest

No início deste mês, Andreas Kisser anunciou um festival para celebrar a vida de sua amada.

O evento marcado para acontecer no dia 28 de Setembro na Audio, em São Paulo, irá reunir artistas que “estavam sempre presentes nas playlists da Patrícia” e também amigos que ela amava e “que a amavam e admiravam muito também”.

Além de servir como homenagem à esposa, o festival está sendo realizado para arrecadar fundos para a Comunidade Compassiva, instituição que promove cuidados paliativos para pessoas em situação de vulnerabilidade em comunidades do Rio e Minas Gerais.

Você pode conferir todas as atrações e mais detalhes do Patfest por aqui.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar