CeeLo Green no Rock In Rio 2022
Foto por Diego Castanho / TMDQA!

CeeLo Green é um artista pra lá de talentoso.

Já com alguns longos anos na indústria da música, ele não apenas fez parte de projetos incríveis como o Gnarls Barkley como também lançou grandes hits em carreira solo e produziu discos de estilos como Soul, Funk e Hip Hop.

No Palco Sunset do Rock In Rio 2022, ele e sua banda entraram usando roupas douradas e brilhantes para fazer o público superar a chuva chata que caía no local e se esbaldar em uma verdadeira Festa Soul, já que a apresentação se tratava de uma grande homenagem ao lendário James Brown.

Como foi o show de CeeLo Green no Rock In Rio?

CeeLo Green no Rock In Rio 2022
Foto por TMDQA! / Diego Castanho

Com um setlist daqueles que emendam músicas umas nas outras, apresentando o show como se fosse uma grande jam, Green não deixou a peteca cair em nenhum momento e colocou todo mundo pra dançar.

Contando com uma baterista incrivelmente talentosa ditando o ritmo das coisas, ele usou seu vozeirão para fazer com que mesmo aqueles que não conhecem suas canções se divertissem horrores.

Para isso, cantou algumas de suas canções e fez covers de clássicos como “Get Up (I Feel Like Being a) Sex Machine”, artista do qual ainda cantou outros sons como “The Payback” e “Gonna Have A Funky Good Time”.

É de James Brown, também, a bela “It’s A Man’s Man’s World”, cantada por CeeLo Green ao lado da brasileira Luísa Sonza, que subiu ao palco do Rock In Rio 2022 pela terceira vez; a primeira foi em seu show e a segunda para cantar “Love Of My Life”, do Queen, com Andreas Kisser na homenagem ao Rock In Rio 1985.

Continua após o vídeo

Pequena trollada e hits ao final

Durante várias passagens do seu show, a banda do icônico cantor começou a tocar a introdução de “Fuck You”, um dos seus maiores sucessos, dando a entender que ela seria a próxima canção.

Isso aconteceu duas ou três vezes, mas toda hora o que acontecia era a execução de outra música.

Isso teve um fim na dobradinha genial que deu o tom do final da apresentação com “Crazy”, hino supremo do Gnarls Barkley e “Fuck You”, cantada a plenos pulmões pelo público que, aí sim, nem se lembrava mais que o Rio de Janeiro estava encharcado a essa altura.

Como uma verdadeira celebração, uma foto de James Brown foi estampada no telão do palco e o show terminou com outro clássico do cara: “I Got You (I Geel Good)”.

Baita homenagem a um dos maiores de todos os tempos, hein?!

Continua após o vídeo

Seltist

  1. Superbad
  2. Bright Lights Bigger City
  3. Superbad / Thriller
  4. Muthafucka
  5. Sexy MF / ICU Baby
  6. I’m Serious
  7. Get Up Off That Thing
  8. Pick Up the Pieces
  9. Think (About It) / It Takes Two
  10. Give The Drummer Some
  11. Cost To Be The Boss
  12. The Payback (James Brown cover)
  13. Baby Don’t You Go-Go (Rare Essence cover)
  14. It’s a Man’s Man’s World (James Brown cover) (com Luísa Sonza)
  15. Gonna Have a Funky Good Time (James Brown cover)
  16. Take You Higher
  17. Pass the Peas (The J.B.’s cover)
  18. Get Up (I Feel Like Being a) Sex Machine (James Brown cover)
  19. Crazy (Gnarls Barkley)
  20. Fuck You
  21. I Got You (I Feel Good) (James Brown cover)

 

I WANNA BE TOUR

Em poucos dias o Brasil receberá uma turnê incrível com gigantes do Emo e Rock Alternativo; garanta o seu ingresso por aqui!