Jonathan Davis, vocalista do KoRn
Foto via Wikimedia Commons

Jonathan Davis, frotman do KoRn, fez um relato sobre a edição caótica do Woodstock de 1999 em um novo documentário da Netflix.

O músico foi um dos artistas que, ao lado de sua banda, tocou no evento que celebrava o 30º aniversário do Woodstock original e que acabou se tornando um verdadeiro pesadelo.

Como falamos anteriormente em um especial que fizemos (e que você pode conferir por aqui), o evento que também contou com shows de Metallica, Limp Bizkit, Red Hot Chili Peppers e muito mais chegou a ser comparado com “campos de concentração” e incluiu relatos de violência, incêndios, roubos e abuso sexual durante os shows.

A nova produção da Netflix chamada Trainwreck: Woodstock ’99 investiga os problemas enfrentados pelo festival desde o início enquanto tenta desvendar como as situações saíram do controle de forma tão intensa.

Jonathan Davis fala sobre Woodstoock de 1999

O vocalista do KoRn foi um dos artistas entrevistados pelo documentário e, em seu relato, ele admite que ficou impressionado ao subir ao palco para começar o show da banda (via Louder Sound).

No momento em que as lendas do Nu Metal começaram sua apresentação, o festival já estava passando por alguns conflitos e, para piorar, naquele dia o evento reuniu uma das maiores multidões. Na produção, Davis aponta:

Lembro-me da introdução. Estamos saindo, eu saio e vejo aquela maldita multidão. Eu fico tipo ‘Que caralhos é isso?’. Quando você vê com seus próprios olhos é apenas dez vezes mais chocante.

As imagens resgatadas pelo documentário mostram um Davis perplexo observando a gigantesca reunião de pessoas na plateia pouco antes do KoRn fazer uma poderosa performance de “Blind”. No longa, ele continuou seu depoimento apresentando uma perspectiva um pouco mais positiva enquanto artista:

E eu olho para cima e vejo apenas ondas enquanto o som viaja até o fundo… não há drogas, não há nada neste planeta que possa lhe dar aquela maldita sensação de ter uma multidão na sua mão assim. Senti que fiz algo realmente incrível. Nós realmente mandamos ver.

Enquanto o público liberava toda sua energia durante o show do KoRn, já estava claro que o festival não estava preparado para lidar com os problemas que não paravam de surgir no local e que iriam se tornar ainda mais caóticos durante o show do Limp Bizkit.

Tanto o depoimento de Jonathan Davis como muitos outros podem ser vistos em Trainwreck: Woodstock ’99 que já está disponível na Netflix. Confira o trailer da produção sobre o festival no player abaixo!

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar