Foto por Maria Mango

Josyara convidou Margareth Menezes para um dueto super especial em “ladoAlado“. A música é o primeiro single do novo álbum da cantora e compositora baiana, que será lançado ainda neste semestre, pela Deck.

A canção nasceu no contexto mais crítico da pandemia de COVID-19. Em um momento de crise sanitária, política, econômica e social, a artista implica sua voz marcante para refletir o movimento de olhar para os lados e se perguntar: quem está lado a lado de quem?

A parceria inédita com Margareth Menezes traz o encanto e a força dessas duas artistas baianas em toda potência que emerge desse encontro. A voz e a presença da veterana deram ainda mais sentido às noções de irmandade e interseccionalidade que Josyara coloca em sua composição.

Segundo a compositora, a participação foi sonhada desde que a música ganhou forma e, por isso, a realização de ter Margareth “ladoAlado” abrindo esse disco é imensa:

Margareth Menezes é uma das maiores cantoras brasileiras, que representa muito o Brasil, que traz essa força no canto, além de ser uma grande compositora. Sou muito fã. Ela foi muito carinhosa, acolhedora e generosa, dando abertura inclusive para eu dirigi-la no momento da gravação. Foi uma grande honra!

O violão é o fio condutor de todas as faixas do álbum que está por vir. Josyara traz em seu instrumento um jeito de tocar muito próprio, com o dedilhado percussivo inspirado no samba chula e em outros ritmos afro-baianos, muito presentes na cultura de Salvador e do Recôncavo. A Bahia se apresenta, também, nos instrumentos percussivos, todos produzidos e gravados em Salvador.

Uiu Lopes

Uiu Lopes e Walfredo Em Busca da Simbiose
Foto por Ravel Ribeiro

Por Fora, Por Dentro é o título do álbum de estreia do cantor e compositor baiano Uiu Lopes, que será lançado ainda em 2022. Preparando o terreno para a chegada do trabalho, o artista revelou mais um single: “Desejos de um Leão“.

A música conta com a participação de Lou Alves, líder da banda Walfredo Em Busca Da Simbiose, um encontro que já havia rolado no primeiro disco do grupo paulistano, Maiúsculas Cósmicas (2019), no dueto “Ravel Ribeiro”. “Desejos de um Leão” foi a oportunidade de juntar de novo as duas vozes.

A música evoca os elementos naturais como a grande força motriz da humanidade e nasceu em parceria com o compositor mineiro César Lacerda, que deu letra à melodia do baiano. César conta que escreveu “Desejos de um Leão” em uma época na qual fantasiava sair da cidade grande:

[…] Havia um intenso clamor por imaginar uma nova lógica; uma onde eu (a minha geração, a espécie humana, enfim) pudesse implodir essa noção de ‘adversário do planeta’ na qual sinto que vivo. Surgiu ‘Desejos de um Leão’. Uma canção repleta de simbolismos e metáforas. Algo esotérico, eu diria. Em suma, uma dessas canções que a gente faz pretendendo, ou desejando, ou mirando o melhor de nós: a liberdade.

Produzida por Fernando Rischbieter, a música ganha um swing tropical, encostando na sonoridade de Gilberto Gil da primeira metade dos anos 80. O registro da faixa foi feito ao vivo no estúdios ybmusic, em São Paulo, pela banda base formada por Leon Perez (Fender Rhodes e synths), Pedro Bienemann (guitarra), Thiago Leal (baixo, moog) e Pedro Lacerda (bateria).

“Desejos de um Leão” é o segundo single do primeiro álbum de Uiu Lopes. Por Fora, Por Dentro terá 8 faixas, trazendo ainda as participações de Phill Veras e YMA, e será lançado pelo selo Matraca Records no segundo semestre de 2022.

RAYA

RAYA
Foto por Laura Fragoso

RAYA é o novo projeto solo da cantora e compositora carioca Paula Raia, do duo Tuim. Após dois singles que inauguraram esse novo capítulo na sua biografia musical, a artista lançou o álbum de estreia .

O disco aborda o encontro da ancestralidade com o feminino enquanto energia. é puro acolhimento, cuidado, afeto e intuição, traduzidos em palavras, sons e olhares. Paula Raia canta as idas e vindas entre a intimidade e a expansão — e faz questão de se manter sempre em movimento. Movimento enquanto caminho, fluidez e enquanto ciclo, gente, bicho.

Lançado pelo selo Toca Discos, o álbum reúne 9 faixas — incluindo os singles “Os Corpos Não São Iguais” e “Cabeça Sideral” — e traz participações de Julia Mestre (Bala Desejo) e Mariana Volker. RAYA conta que a ideia de fazer esse disco brotou em 2019 e germinou no final do ano seguinte, ao lado do amigo produtor Victor Ribeiro:

Chamei Victor e falei: vamos pensar no conceito desse disco. Pra mim, dentro de uma obra isso é o mais fundamental, fazer com que todas as músicas participem de um discurso único. E aí comecei a separar as canções através dos elementos da natureza: fogo, terra, água e ar. E após isso, separei elas dentro de um ciclo de manhã, tarde e noite.

conta com violões de seis e sete cordas tocados por Victor. Maria Clara Valle (violoncelo), Pablo Arruda (basseto), Natália Carrera (mandolim) e Lívia Mattos (sanfona) completam a banda de estúdio. O disco foi mixado por Gui Marques e masterizado por Bruno Giorgi, e ganhou outra camada de profundidade e significados com a direção artística do álbum visual, assinada por Laura Fragoso, companheira de Paula.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!