Shakira
Foto: Wikimedia Commons

Shakira está entre os assuntos mais comentados das redes sociais nesta sexta-feira (29) depois que o Ministério Público de Barcelona, na Espanha, pediu 8 anos e dois meses de prisão para a cantora por suposta fraude fiscal.

A artista colombiana está sendo acusada de fraudar 14,5 milhões de euros (cerca de 76 milhões de reais) do Tesouro espanhol entre 2012 e 2014.

O anúncio do Ministério Público veio após Shakira rejeitar na última quarta-feira (27), um acordo oferecido pelos promotores. A dona dos hits “Waka Waka” e “Hips Don’t Lie” diz ser inocente e afirmou estar disposta a ir a julgamento (via Hugo Gloss).

A partir deste posicionamento da artista, o Tribunal de Barcelona deve decidir se vai abrir um julgamento para a cantora, que pode chegar a um acordo com o Ministério Público até o último momento.

No documento divulgado, o MP acusa Shakira de ter usado uma “estrutura corporativa” criada anos antes para evitar o pagamento de impostos na Espanha nos anos de 2012, 2013 e 2014, apesar de já residir no país por mais que os 183 dias por ano estipulados por lei.

Com essa justificativa, o órgão pediu a pena de mais de oito anos de prisão e, também, o pagamento de uma multa de quase 24 milhões de euros (cerca de 127 milhões de reais).

Shakira se posiciona sobre alegação de fraude

Como falamos acima, há dois dias os advogados de Shakira anunciaram que a cantora havia rejeitado um acordo e pretende ir ao tribunal.

Em um comunicado, os representantes legais afirmaram que a cantora está confiante de que “a justiça vai provar que ela está certa” e acrescentou:

Com a plena convicção de sua inocência (…) Shakira não aceita acordo com o Ministério Público e decide avançar com o processo.

Na nota, a colombiana também apontou “uma total violação de seus direitos” argumentando que a promotoria tem insistido em recolher o dinheiro que ela recebeu de suas turnês internacionais e também em seu trabalho como jurada do The Voice, durante o período em que “ainda não era residente na Espanha”.

Cantora já pagou valor reivindicado

A cantora reforçou que pagou 17,2 milhões de euros reivindicados e, por conta disso, considera que “não há dívida pendente com o Tesouro”.

Porém, de acordo com a denúncia do MP, Shakira estava morando na Espanha no período da suposta fraude, que coincide com o momento em que sua relação com o jogador do Barcelona, Gerard Piqué, se tornou pública.

O órgão aponta que a cantora manteve sua residência oficial nas Bahamas até 2015. No entanto, o local é considerado um “paraíso fiscal”, onde a tributação cobrada é muito pequena ou até inexistente.

Em Maio, um tribunal de Barcelona negou um recurso interposto por Shakira que pedia o arquivamento da investigação.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar