Jingles Lula Bolsonaro
Reprodução: Twitter/Facebook

Hoje, os jingles políticos podem até ser considerados uma chateação quando tocam repetidamente na TV, ou quando o carro da campanha passa na sua rua no último volume.

Mas, no passado, as músicas usadas pelos candidatos eram fundamentais para a popularidade da campanha, e realmente sintetizavam o plano de governo daquele político.

Pensando nisso, a letra e o potencial de “viralizar” de cada jingle entre os quatro candidatos à presidência mais bem colocados nas pesquisas — Lula, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes e Simone Tebet — merecem ser analisados.

Confira abaixo as canções, lembrando que as campanhas começam oficialmente no dia 16 de agosto, quando também terá início o horário eleitoral gratuito.

Lula: solta a pisadinha

Em maio, Lula já tinha lançado uma nova versão do jingle de 1989, o famoso “Lula lá”, com Pabllo Vittar, Duda Beat, Martinho da Vila e outros.

Agora, o primeiro colocado nas pesquisas apostou no popular tecladinho e viradinha de bateria do piseiro. A letra fala sobre “saudade do ex”, em referência ao fato de ser um ex-presidente do país, e o vídeo usa a linguagem do TikTok, tanto no formato, edição e claro, na coreografia.

Jair Bolsonaro: sertanejo gospel

Depois que a dupla sertaneja Mateus e Cristiano cantou uma música em homenagem ao presidente em uma live ao lado de Bolsonaro em maio, a equipe do atual mandatário produziu uma versão de estúdio da composição.

Ela começa com o hino nacional na guitarra, depois se torna um sertanejo ao estilo “universitário”. A letra tem várias menções a Deus, e as imagens incluem o vídeo da facada sofrida por Bolsonaro em 2018.

Ciro Gomes: cavaco e pandeiro

Este ano, Ciro Gomes já testou jingles em ritmo de forró, frevo e até uma versão de “Sujeito de Sorte”, de Belchior, muito parecida com a regravação de Emicida, Majur e Pabllo Vittar.

Mas a música com mais visualizações é “Pagode do Cirão”, que conta com o cavaquinho, o pandeiro e o tema “Tá cansado de seguir no mesmo giro? Tá na hora de olhar pro Ciro”.

Simone Tebet: raízes do Brasil

A candidata do MDB também lançou músicas nos ritmos de samba e forró, mas o principal jingle até agora é um sertanejo raiz com um vocal feminino grave, ao melhor estilo “feminejo”.

O vídeo é repleto de imagens do campo, e ressalta que Tebet “vem lá do interior, do coração do meu país”.

AMAZON MUSIC UNLIMITED

Você pode ouvir esse e outros artistas no Amazon Music Unlimited. Clicando aqui, você ganha 3 meses para curtir o app de graça!