Bruce Springsteen em 2016
Foto de Bruce Springsteen via Shutterstock

A turnê de Bruce Springsteen pelos Estados Unidos em 2023 deve sair bem cara para alguns fãs. Isso porque a Ticketmaster, empresa que comercializa os ingressos de shows do cantor, está usando uma ferramenta de “preços dinâmicos” para vender as entradas.

Sendo assim, os convites com o selo “platinum”, que funcionam de acordo com oferta e demanda, saem ao preço de até US$5 mil (quase R$27 mil). O sistema tem criado polêmica por lá e sido comparado à prática da “tarifa dinâmica” da Uber, muito comum aqui no Brasil e, aparentemente, também nos EUA.

Segundo o site da Ticketmaster, o objetivo é “dar aos fãs mais apaixonados acesso justo e seguro aos ingressos mais procurados, permitindo que os artistas e todos os envolvidos na realização de eventos ao vivo precifiquem os ingressos mais próximos de seu valor justo”.

“Os preços e formatos são compatíveis com os padrões da indústria para artistas de primeira linha,” defendeu a empresa (via UCR). A Ticketmaster afirma que 11,2% dos ingressos envolvem a tarifa dinâmica e que apenas 1,3% das entradas comercializadas custaram acima de US$1 mil (mais de R$5 mil).

Ainda de acordo com as informações passadas pela empresa, 56% da cota de ingressos foi vendida por US$200 (pouco mais de R$1 mil) e 18% por menos de US$99 (R$531).

Tanto Bruce Springsteen quanto sua assessoria de imprensa foram procurados para comentar o assunto, mas não houve retorno. Imagina se a moda pega no Brasil?

Bruce Springsteen participou de show do Paul McCartney

Como te contamos aquiPaul McCartney se apresentou no mês passado no MetLife Stadium, em Nova Jérsei, na última parada americana da Got Back Tour.

No show, o ex-Beatle recebeu no palco figuras lendárias do Rock como Jon Bon Jovi e o próprio Bruce Springsteen, que tocou com Macca seus clássicos “Born in the U.S.A.” e “Glory Days”.

Springsteen mostrou na ocasião que estava bastante confortável por tocar em casa, já que nasceu na cidade de Long Branch, que fica justamente em Nova Jérsei. Ele ainda executou ao lado de Paul a faixa “I Wanna Be Your Man”, escrita por John Lennon ao lado de McCartney e gravada pelos Rolling Stones como single em 1963.

LEIA TAMBÉM: Uau: Bruce Springsteen vende seu catálogo por mais de R$2,5 bilhões

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar