Paul's Boutique Beastie Boys

O Conselho da Cidade de Nova Iorque, equivalente à Câmara Municipal local, aprovou esta semana uma bela homenagem aos Beastie Boys, célebre grupo de rap formado na cidade no início dos anos 90.

O segundo disco dos caras, chamado Paul’s Boutique (1989), retrata na capa uma extinta loja de roupas que ficava na esquina das ruas Ludlow e Rivington, em Manhattan.

Atualmente, há um grande mural grafitado pela artista Danielle Mastrion com os rostos dos integrantes Mike D, MCA e Ad-Rock. O local já é conhecido há pelo menos 9 anos pelos moradores como Praça Beastie Boys (embora não seja realmente uma praça).

É aí que entra um personagem importante na história: LeRoy McCarthy, um nova-iorquino fanático por música que já conseguiu a nomeação da Rua Wu-Tang Clan, em Staten Island, e a Notorious B.I.G. Wallace Way, no Brooklyn.

Campanha popular surtiu efeito e Praça Beastie Boys se tornou oficial

Depois de mais uma campanha de sucesso, os vereadores de Nova Iorque aprovaram a “Praça Beastie Boys” no último dia 14, acompanhando várias outras alterações por todos os Cinco Distritos do Estado de Nova Iorque.

O vereador Chris Marte, que levou o pedido de LeRoy à Câmara, comemorou a decisão (via BrooklynVegan):

Como muitos de nós sabemos, uma vez que os Beastie Boys entraram em cena, eles realmente mudaram o jogo do hip-hop. Eu vejo isso como uma celebração para o Lower East Side, para o hip-hop e especialmente para a nossa comunidade, que vem se organizando há muito tempo para que isso acontecesse.

Merecido, né? Confira abaixo o mural pintado na esquina e relembre o excelente álbum Paul’s Boutique.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Beastie Boys Square (@beastieboyssquare)

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!