Membros remanescentes do Pantera, Phil Anselmo e Rex Brown
Reprodução / Facebook

Os fãs já podem guardar dinheiro, porque o Pantera está prestes a cair na estrada a partir de 2023. De acordo com a Billboard (via Consequence), os membros sobreviventes da banda irão embarcar em sua primeira turnê de reunião em mais de duas décadas.

De acordo com o portal estrangeiro, a iniciativa partiu tanto do vocalista Philip Anselmo quanto do baixista Rex Brown, que assinaram um contrato com o Artist Group International. O documento adianta que algumas datas na América do Norte estariam reservadas para ambos os músicos.

“Estamos entusiasmados por trabalhar com uma banda tão icônica e trazer sua música de volta aos fãs”, declarou o agente Peter Pappalardo em comunicado liberado à imprensa.

Não se sabe de fato quem substituiria Dimebag Darrell e Vinnie Paul na formação encabeçada por Anselmo e Brown, mas vale destacar que, desde 2019, uma possível reunião do grupo é provocada pelo vocalista.

Em uma entrevista ao jornal chileno Humo Negro, o músico já havia revelado planos de realizar alguns shows com Zakk Wylde, ex-guitarrista de Ozzy Osbourne e líder do Black Label Society:

Bem, Zakk é um homem ocupado… Nós falamos sobre isso uma vez. Se tudo estivesse alinhado, eu faria isso, com certeza. Foda-se, sim! Por que não?

Outro nome que vem sendo veiculado para completar a escalação é o de Charlie Benante, baterista mais famoso por seu trabalho com o Anthrax. Será que vai dar bom?

As tragédias por trás do Pantera

O desfecho da história dos irmãos Darrell e Vinnie Paul Abbott com o Pantera é bem triste: enquanto Darrell foi assassinado durante um show em Ohio, no ano de 2004, Vinnie faleceu 14 anos depois em decorrência de uma doença cardíaca, que surgiu muito provavelmente pelo excessivo consumo de álcool.

Na época da morte do guitarrista, a banda já havia se encerrado no ano anterior. A decisão, no entanto, não foi nada amigável nem muito menos fácil: os irmãos Abbott separaram oficialmente o grupo em 2003 ao concluírem que o vocalista Anselmo havia “os abandonado”, visto que ele estava envolvido em outros projetos.

A separação ocasionou comentários maldosos de Anselmo para a mídia, o que travou uma verdadeira guerra de indiretas e alfinetadas na imprensa. Rex Brown chegou a declarar no meio do fogo cruzado que o conflito “foi um monte de bobagens” e que ele “não ia entrar no meio disso”.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar