Travis Barker faz parceria com o LimeWire
Reprodução / Instagram

O servidor de compartilhamento de arquivos LimeWire está de volta após uma grande reforma — e coloca grande nisso: se o serviço um dia foi uma plataforma de música pirata, hoje é um mercado NFT. Quer mais? Um dos primeiros usuários a compartilhar colecionáveis digitais no website é ninguém menos que Travis Barker.

Brandy, Nicky Jam, Aitch e Dillon Francis também são alguns dos artistas que já entraram para o negócio.

O site oficial revela que a plaforma “está de volta como um mercado NFT de música e entretenimento aberto para criadores e colecionadores.” Dessa forma, os fãs podem estar a um clique de distância de um “mercado de colecionáveis ​​digitais para música e o espaço mais amplo de arte e entretenimento”:

No mercado LimeWire, fãs e colecionadores de música podem comprar e negociar uma variedade de ativos exclusivos relacionados à música, como edições limitadas, músicas pré-lançamento, demos inéditas, ilustrações gráficas, versões ao vivo inéditas, bem como mercadorias digitais e conteúdo de bastidores.

Te convenceu?

LimeWire em 2022

O retorno do LimeWire foi anunciado oficialmente em março desse ano, logo após os sócios Paul e Julian Zehetmayr adquirirem os direitos do site a fim de transformá-lo num mercado para tokens.

Para acessar a plataforma reformada, é só clicar aqui.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar