Sandro
Arte por Bruno Queiroz / Capa de "Boca do Lixo"

Com energia e bom humor, o músico e produtor Sandro ressurge mordido e cantando suas dores em “Boca do Lixo“. A faixa, que promove uma mistura de new wave/indie pop e outras maldades, é o primeiro single do álbum de estreia que está por vir.

A composição traz diversas analogias com ditos populares, além de uma paráfrase de Caetano Veloso. “Boca do Lixo” conta com participação especial de Erick Endres na guitarra e Arthur Kunz (Strobo, Amantes) na bateria. A produção ficou por conta de Manoel Andrade, Góbi e Léo Ramos (Supercombo, Scatolove), que ainda assinou mix e master.

Nascido no Rio Grande do Sul e radicado em São Paulo, Sandro lançou o seu primeiro single em 2018. O artista aposta numa sonoridade dançante, ora debochado, ora reflexivo, e tem músicas em parceria com importantes nomes da música independente, como Tuyo, Sebastianismos, PeLu, Keops & Raony, Carol Navarro, Góbi e Natália Noronha.

muchroom

muchroom
Foto por Cairo Renato

muchroom quer chegar simples e certeiro. Buscando incorporar letras íntimas a melodias pegajosas e beats inspirados no pop e R&B moderno, o artista porto-alegrense lançou sua primeira canção online, chamada “Koi Fish”.

A faixa se discorre tentando expor o processo de aceitação do fim de um relacionamento e do aprendizado que se pode tirar dos momentos bons e ruins — não apenas da relação em si, mas também do processo de um término.

“Koi Fish” foi gravada de forma caseira e serve como primeiro single do álbum de estreia everything has its own pace, programado para ser lançado no final de Julho. A faixa tem produção assinada pelo próprio muchroom (Guilherme Germano), em parceria com Alexandre Porto de Almeida e Leonardo Mocca.

SadBoots

SadBoots
Foto: Divulgação

Eventide é o álbum de estreia da banda mineira SadBoots. O disco, que aborda as turbulências e calmarias do ciclo da vida, mostra a versatilidade do quarteto, com base no blues, stoner e grunge, junto à novos elementos.

O lançamento é resultado de um intenso trabalho de composição de Lucas Gomes (vocal), Lucas Brito (guitarra), Filipe Sartoreto (baixo) e Gustavo de Angelis (bateria). O trabalho mescla faixas diretas e dançantes, com referências ao rock contemporâneo, a outras mais longas e experimentais, que remetem ao rock clássico. Tudo isso sem deixar de lado o peso característico da SadBoots.

Eventide conta com a participação de Luciano Porto (Ancestral Diva, Lee and James) nos teclados, Polly Terror e Ruth Flôres nos backing vocals e um trio de metais formado por Pablo Ávila no trompete, Mauro Moreira no trombone e Mariana Bosi no saxofone. O trabalho foi produzido, mixado e masterizado por Fábio Mazzeu e gravado nos estúdios do coletivo Última Gota Records, do qual a SadBoots faz parte.

Aletrix

Aletrix
Foto: Divulgação

O músico paulistano Aletrix está de volta com seu novo EP, Aceito Sua Carona. Um registro bestial que traz novos causos e sagas um tanto quanto peculiares à sua discografia.

O registro transita entre alt-rock, punk rock e (um) rockabilly, além de uma investida experimental pelo rock industrial. Protagonistas do reino das selvas e do ecossistema urbano são lembrados e comemorados em cada uma das seis faixas inéditas.

Concebido com absoluto distanciamento social, a maior parte das gravações do EP ficaram por conta do baterista Matheus Souza e de Aletrix, cada um em seu home studio. O guitarrista Alexandre Lemos e a baixista Mia Manson, que já haviam gravado suas partes antes dos isolamentos, juntam-se a eles na faixa-título “Aceito Sua Carona“. A mixagem e masterização são de Hugo Silva (Estúdio Family Mob).

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!