MC Neguinho JM
Crédito: reprodução

Uma ação da polícia militar de São Paulo no último sábado (2) resultou na morte do funkeiro MC Neguinho JM.

Na ocasião, David Meireles Miranda, de apenas 19 anos, pilotava uma moto emprestada quando a PM iniciou a perseguição pela cidade. Um vídeo gravado por câmera de segurança e divulgado pelo G1 mostra o momento dos disparos que também atingiram o garupa do veículo.

Nas imagens, é possível perceber que Neguinho JM não usava capacete e estava desarmado ao ser baleado no tórax e na perna. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na Rua Marechal João Carlos Barreto, no Campo Limpo, já o passageiro da moto, que também estava sem capacete, foi baleado na cabeça e levado a um hospital.

Segundo a PM, houve troca de tiros porque Jeferson Fernando da Silva Souza estava armado e ameaçou atirar contra os agentes que estavam em uma base policial no bairro. O vídeo compartilhado registrou o momento que o carona é atingido e cai da moto pilotada por MC Neguinho.

Ainda de acordo com o G1, uma adolescente que passava pela rua no momento da perseguição policial foi atingida por um tiro na perna e não corre risco de morte. O portal informou que, até sua última atualização, Jeferson continuava internado em estado grave. O boletim de saúde foi repassado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Irmã de MC Neguinho JM se revolta

A irmã de David, Bianca Meireles, de 24 anos, postou um vídeo em suas redes sociais para reforçar que o funkeiro não tinha antecedentes criminais e não era bandido:

Minha missão é provar que ele não é bandido, que não é um ladrão. E eu vou provar e já estou provando.

Ela também afirma que Neguinho JM, conhecido por ser um representante do “funk consciente”, tinha o sonho de “dar uma casa própria” para a família:

O sonho dele como artista era poder dar uma casa própria para minha mãe poder realizar todos os nossos sonhos. Ajudar aqueles que sempre ajudaram ele.

Por outro lado, segundo fontes do G1, Jeferson já havia respondido por posse ilegal de arma de fogo, portar arma com numeração raspada e receptação de produto de crime.

Em uma infeliz coincidência, o MC havia gravado há pouco tempo uma música em parceria com MC Luuky chamada “Um Piloto e Um Garupa”. Com homenagens e coro por justiça, o corpo de Neguinho JM foi enterrado na manhã desta segunda-feira (4) no Cemitério da Paz, em Embu das Artes.

Agora, parentes e amigos buscam punição para os quatro policiais que aparecem nos vídeos atirando na direção da moto pilotada por MC Neguinho JM.

Que ele descanse em paz!

LEIA TAMBÉM: Lucas Inutilismo transforma Funk em Heavy Metal com direito a Roda Punk e “Paredão da Morte” em SP

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar