Flea com o Red HOt Chili Peppers no Benicassim 2017
Foto do Flea via Shutterstock

Com inúmeros fãs ao redor do mundo, Flea certamente já foi parado por muita gente na rua para uma foto ou um autógrafo. No entanto, não foi o caso do brasileiro Rômulo, que encontrou o baixista do Red Hot Chili Peppers em San Francisco recentemente e optou por não incomodá-lo.

Após o episódio, o brasileiro foi até o Twitter e deixou uma mensagem ao músico, escrevendo:

Oi Flea, eu te encontrei em San Francisco, sou fã a vida toda. Li seu livro e amei. Eu fiquei com receio de te pedir uma foto, não quis te incomodar, talvez da próxima vez eu peça. Te desejo o melhor, saudações do Brasil.

A publicação acabou chegando até os olhos de Flea, que elogiou a atitude do fã e a classificou como “gentil e altruísta”:

Olá Romulo! Eu agradeço por você não pedir uma foto, é uma atitude gentil e altruísta nos dias atuais. Te mando amor, meu irmão.

A partir daí, é claro que um debate se instaurou nas redes sociais: quem está certo nessa história?

Atitude de Flea com fã divide opiniões

Como conta o portal Igor Miranda, diversos fãs dos Peppers aproveitaram a oportunidade para criticar essa filosofia de que seria errado pedir uma foto aos ídolos. Uma usuária, inclusive, apontou que John Frusciante parece estar sempre “aterrorizado” ao conhecer fãs, enquanto Anthony Kiedis foge do contato o máximo possível.

De acordo com ela, é decepcionante ver que Flea estaria indo para esse mesmo caminho e Chad Smith “parece ser o único legal”, pois está “sempre sorrindo” e é paciente com os fãs. E você, o que acha dessa história toda?

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar