Guns N' Roses - São Paulo Trip
Foto: Ricardo Matsukawa / Mercury Concerts

Sempre tem alguém que reclama que as apresentações do Guns N’ Roses são cansativas pela extensa duração dos shows, que contam com inúmeras jam sessions ao longo do repertório.

Inclusive, muita gente pensa que esses momentos de interações entre os integrantes, solos e tudo mais sirvam para que Axl Rose decanse sua voz; no entanto, o guitarrista Slash aponta em outro sentido.

Em entrevista ao programa Rock City, da emissora televisiva japonesa TVK, o icônico músico falou sobre o assunto e deixou claro que tudo flui da simples satisfação da banda em estar no palco se apresentando para os fãs (via Blabbermouth):

Tem sido ótima [a turnê]. A perna europeia tem sido realmente fantástica, considerando que esta é a primeira vez que a gente excursiona internacionalmente desde 2019. Definitivamente existe uma sensação de frustração depois de ter tido zero shows de verdade ou qualquer tipo de atividade presencial por tantos anos após a quarentena e tudo isso. Então, definitivamente existe uma energia para ser colocada para fora. Nós fizemos um show de três horas e meia — nós temos estado nessa turnê. Nós temos tocado além de três horas. Tocamos 30 músicas. É bom, é divertido. Fazemos isso simplesmente porque gostamos. Noite passada foi três horas e meia. Nós tocamos 30 músicas. É bom. É divertido. A gente toca por tanto tempo porque a gente se diverte tocando. Não é porque nós somos obrigados a tocar por três horas. Nós apenas vamos lá e não conseguimos parar.

A gente agradece!

Turnê do Guns N’ Roses

Além de Slash e Axl Rose, a turnê de reunião do GNR conta com o baixista Duff McKagan, o guitarrista Richard Fortus, o baterista Frank Ferrer e os tecladistas Dizzy Reed e Melissa Reese.

Em Setembro, o grupo — que promete trabalhar na gravação do sucessor de Chinese Democracy (2008) — desembarcará no Brasil para dez apresentações. A primeira data está marcada em Manaus para 01/09 na Arena Amazônia.

De lá, o grupo segue para Recife (04/09), Rio de Janeiro, onde se apresenta no Rock in Rio no dia 8, Goiânia (11), Belo Horizonte (13), Ribeirão Preto (16), Florianópolis (18), Curitiba (21), São Paulo (24) e Porto Alegre (26).

Problemas nos shows do Guns

Em tempo, apesar dessa paixão, muita gente que compareceu ao primeiro dos dois shows que o Guns N’ Roses realizou no Tottenham Hotspur Stadium, em Londres, no último final de semana, saiu de lá insatisfeita com a experiência.

Isso porque, segundo o Telegraph (via IgorMiranda), a apresentação de sexta-feira (1) foi marcada por diversos problemas, incluindo uma crise de ansiedade de Axl antes de subir ao palco.

De acordo com uma fonte do jornal, foi necessário que os organizadores permitissem que o vocalista dormisse noites seguidas dentro do estádio para que ele se acalmasse.

Além disso, como te contamos aqui, recentemente viralizou no TikTok uma performance duvidosa, no mínimo, de Axl durante show do GNR na Noruega.

Na ocasião, o vocalista teve dificuldades para entregar as notas altas de “Welcome to the Jungle” e uma usuária da rede social o comparou ao personagem Herbert, o velhinho pervertido de Uma Família da Pesada (Family Guy).

LEIA TAMBÉM: Nirvana e o verdadeiro motivo de Kurt Cobain ter recusado turnê com Metallica e Guns N’ Roses

AMAZON MUSIC UNLIMITED

Você pode ouvir esse e outros artistas no Amazon Music Unlimited. Clicando aqui, você ganha 3 meses para curtir o app de graça!

 

Compartilhar