R. Kelly
Reprodução / Pop Crave

R. Kelly foi condenado nesta quarta-feira (29) a 30 anos de prisão. A decisão foi tomada em um tribunal de Nova York e marcou a primeira vez que o cantor encarou as consequências depois de dezenas de casos de abuso com menores de idade por anos.

De acordo com a Variety, o cantor de 55 anos foi sentenciado por extorsão, além de oito acusações de violação da Lei Mann, que proíbe o transporte de pessoas através das fronteiras estaduais para prostituição.

Em setembro, o cantor foi considerado culpado de nova acusações contra ele num julgamento que durou ao todo seis semanas. O processo revelou que R. Kelly teria usado funcionários e intermediários para atrair fãs e artistas iniciantes e submetê-los a abusos sexuais, além de controlá-los e mantê-los sem comida ou acesso a banheiros, por exemplo.

R. Kelly foi julgado no ano passado

No julgamento do ano passado, nove mulheres e dois homens descreveram terem sido sexualmente abusados por Kelly. Boa parte das testemunhas, segundo o portal, alegou ser menor de idade na época em que os casos ocorreram.

R. Kelly está preso desde julho de 2019. O cantor ainda enfrenta acusações por pornografia infantil e obstrução da justiça em Chicago, além de também haver julgamentos ocorrendo em tribunais estaduais, como em Illinois e Minnesota.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar