Liniker
Foto por Caroline Lima

Há algum tempo a gente falou por aqui a respeito do Festival MPBoca, que iria acontecer no Rio de Janeiro.

Na ocasião, o formato havia sido definido como o de apresentações trimestrais, com um line-up dividido entre shows com artistas que tomariam conta dos palcos em intervalos maiores.

Acontece que a variante Ômicron chegou, o evento precisou ser adiado, e esse tempo todo serviu para que as produtoras do MPBoca reimaginassem o evento, que agora anuncia o line-up completo da sua primeira edição.

Festival MPBoca

Marcada para o dia 12 de Novembro no Cais do Porto – RJ, a primeira edição do festival terá um time incrível formado por Liniker, Céu, Tulipa Ruiz, Johnny Hooker, Josyara com participação de Luciane Dom, Maria Beraldo e Ana Frango Elétrico, além da DJ TATAOGAN e da VJ Carol Santana.

Majoritariamente feminino, o line-up do MPBoca evidencia traços do que há de melhor na atual Música Popular Brasileira e se apresenta como um prato cheio para quem é fã de artistas que vêm dando novos rumos ao gênero, misturando traços que vão do indie até a música experimental a esse caldeirão efervescente.

Mariana Leivas, produtora do festival MPBoca

Para anunciar o line-up do MPBoca, o TMDQA! conversou com Mariana Leivas, realizadora do festival e CEO da Boca Produções.

Ao falar sobre as motivações para a realização do evento no meio de tantos outros acontecendo desde que a vacinação contra a COVID tornou possível as aglomerações novamente, ela disse:

A criação do Festival MPBoca, ainda em 2019, surgiu da nossa vontade de destacar e fomentar a cena da nova música popular brasileira. Nos últimos sete anos viemos focando nossa atuação nesse lugar de mercado e acompanhamos de dentro o desenvolvimento dessa cena importante para o país, tanto artisticamente quanto culturalmente. O MPBoca é um festival de música, mas é também um projeto cultural, onde a partir do nosso line up discutimos pautas comportamentais, e abrimos um diálogo com a sociedade a favor da igualdade de gênero e de raça como base de valores humanos. Embora o MPBoca não tenha sido planejado para estrear num momento de tanta concorrência, risos, estamos muito felizes com a reestruturação do festival que debuta agora de forma ainda mais marcante.

Além disso, ela também falou sobre como a pausa por causa do Coronavírus afetou o formato do evento e a sua realização:

A concepção e a preparação do festival aconteceram em 2019, e a nossa estreia, até então, era prevista para 2020, em um formato que inicialmente seria trimestral, apresentando dois artistas por edição na cidade do Rio de Janeiro. Em função da pandemia, não conseguimos realizar os shows nos últimos 2 anos, e a partir do último adiamento, em janeiro de 2022, achamos arriscado manter esse planejamento, visto as incertezas e desafios que de certa forma ainda enfrentamos em relação à covid-19. Achamos mais seguro reformatar a nossa estreia, trazendo ao público um festival maior, que reunisse todes es artistas em um único dia, e com maior tempo de duração. A remarcação para novembro acabou sendo definida em função das agendas des artistas que compõem o nosso line up.

Colocar no mundo um festival que tem como foco novos artistas da MPB, e que trabalham a música não só como entretenimento, mas também como arte, é um processo árduo e repleto de dificuldades. A pandemia surgiu como mais um desafio para nós, empreendedores da cultura, e ao que tudo indica, estamos vencendo mais essa batalha.

Curadoria e Escalação

Muitos elementos são responsáveis pela identidade de um festival de música, mas é seguro dizer que a curadoria com a escolha das atrações aparece no topo da lista, já que isso acaba ditando os rumos artísticos do encontro.

Ao falar sobre como o processo se deu no MPBoca, Mariana afirmou:

Nossa curadoria tem como foco artistas da nova música popular brasileira, que vem trabalhando e construindo, de 10 anos pra cá, carreiras musicais com solidez e estabilidade, e promovendo formação expressiva de público. Acreditamos muito nessa seleção, tanto artisticamente, quanto comercialmente. Não são artistas que se destacaram ‘hitando’ pontualmente no TikTok, mas artistas que vêm escrevendo sua história dentro da MPB a partir de uma discografia marcante e uma imensa base engajada de fãs, que só cresce com o passar do tempo.

Exemplo disso é a trajetória da artista Liniker, que lançou seu primeiro disco em 2016 e se prepara para fazer seu primeiro show solo no Palco Sunset do Rock in Rio 2022. Ana Frango Elétrico é outre artiste que nos impressiona bastante com seu talento e sua pouca idade. Aos 23 anos recebeu sua primeira indicação ao Grammy Latino, na categoria ‘Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa’, com seu segundo álbum lançado, intitulado ‘Little Electric Chicken Heart’.

Extrapolando a questão musical, acreditamos também na nova MPB como um instrumento poderoso de transformação diante à construção de uma sociedade mais diversa, plural e inclusiva. Aqui escolhemos amplificar sons, vivências e discursos contemporâneos, com relevância cultural e artística e que refletem pautas fundamentais hoje, discutindo valores que combatem a homofobia, a transfobia, o machismo e o racismo.

No dia 12 de novembro esperamos todas, todos e todes para celebrar juntes a nova música popular brasileira, em um momento de mais esperança e otimismo e pro país!

Você pode seguir os perfis do MPBoca, bem como ver o serviço do evento e as informações de ingressos, logo abaixo.

MPBoca nas Redes Sociais

Serviço

Cartaz do Festival MPBoca 2022

Dia 12 de novembro, a partir das 16h

Armazém da Utopia – Cais do Porto, Rio de Janeiro

Ingressos a partir de R$ 320 (inteira) e R$ 160 (meia entrada solidária válida mediante a entrega de 1 quilo de alimento não perecível na entrada do festival. Os alimentos serão doados para a ONG Grupo Arco Íris).

Ingressos disponíveis em www.sympla.com/festivalmpboca

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!