Chorão no programa Ensaio, da TV Cultura

Em 2004, Chorão, saudoso vocalista da banda Charlie Brown Jr., se encontrou com integrantes da banda Los Hermanos no aeroporto de Fortaleza quando os dois grupos embarcavam em um voo para Teresina

A viagem estava marcada com shows no Piauí Pop Festival, mas as coisas fugiram do controle e logo uma das maiores brigas da história do rock nacional se desencadeou.

Briga de Chorão e Marcelo Camelo

A história conta que Chorão estava nervoso com Marcelo Camelo, vocalista, guitarrista e um dos principais compositores do Los Hermanos, porque ele tinha falado sobre como a banda rejeitava a ideia de “vender atitude”.

Em uma entrevista, ele falou a respeito de propagandas de refrigerante como a que o Charlie Brown Jr. havia feito para a Coca-Cola, apontando uma suposta hipocrisia de Chorão e seus colegas.

Camelo teria tentado conversar com Chorão e acabou levando uma cabeçada no nariz e um soco no olho. Rodrigo Amarante partiu pra cima do vocalista de Santos e a treta acabou na Polícia, mas não houve queixa registrada oficialmente naquele momento.

Ainda segundo a assessoria do Los Hermanos na época, Marcelo Camelo havia ligado para Chorão para dizer que na entrevista ele não havia citado o nome do Charlie Brown Jr., e que quem o fez foi o repórter, mas aparentemente nada adiantou.

Motivos e Explicações

Em uma era onde smartphones nem existiam, é natural que não existam vídeos de toda confusão, e o que resta são os relatos das pessoas envolvidas.

No programa Ensaio, exibido pela TV Cultura em 2009, o Charlie Brown Jr. se apresentou e contou com seu vocalista dando depoimentos sobre vários aspectos da carreira da banda, inclusive o incidente com Marcelo Camelo.

Lá, ele falou durante um bom tempo sobre como se sentia perseguido pessoalmente por Camelo, que isso vinha lhe irritando e que, quando a confusão aconteceu, foram os integrantes do Los Hermanos que partiram pra cima dele, que teria apenas se defendido.

Ele termina a história dizendo que não tinha nada contra Marcelo Camelo e acaba indo além, afirmando ironicamente: “Camelo, eu te amo. Sem você o Brasil não seria o mesmo.”

O depoimento se encerra com um beijo e o CBJR tocando “Papo Reto”, com direito à introdução onde Chorão canta em alto e bom tom:

Otário, eu vou te avisar: intelecto de cu é rola.

Você pode assistir ao vídeo logo acima.

LEIA TAMBÉM: Charlie Brown Jr. compartilha imagens inéditas de Chorão e Champignon

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!