Elon Musk
Foto via Wikimedia Commons

Novo dono do Twitter, Elon Musk usou sua própria conta na rede social na última quarta-feira (27) para defender novamente a liberdade de expressão na plataforma e garantir que seu plano é irritar igualmente a extrema direita e a extrema esquerda.

Ele, que pretende também reduzir a frequência de remoção de publicações na plataforma, escreveu:

Para que o Twitter conquiste a confiança do público, ele deve ser politicamente neutro, o que efetivamente significa decepcionar a extrema direita e a extrema esquerda igualmente.

Como é possível perceber, a compra do Twitter pelo executivo — que pagou cerca de R$215 bilhões na aquisição — já está gerando alguns efeitos de maneira geral.

Pouco depois do acordo feito com o homem mais rico do mundo, a plataforma observou uma série de desativações “orgânicas” e mudanças significativas no número de seguidores de alguns dos maiores perfis do Twitter.

Mudanças no Twitter após a compra de Elon Musk

Na última terça-feira (26), a NBC News (via Billboard) informou que os números de seguidores de algumas das contas mais populares do Twitter foram reduzidos de forma surpreendente.

Isso aconteceu, por exemplo, com os perfis oficiais do ex-presidente americano Barack Obama e das cantoras Katy Perry e Taylor Swift.

Confira a postagem de Elon Musk no Twitter a seguir!

LEIA TAMBÉM: Monark comemora compra do Twitter por Elon Musk: “time da liberdade de expressão”

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar