Daniel Johns - FutureNever

Mais conhecido por seu tempo como líder do Silverchair, o australiano Daniel Johns está de volta com seu novo disco solo FutureNever.

O álbum, lançado pela BMG, volta a explorar o lado mais experimental do artista que estreou em carreira solo com Talk, em 2015, e recentemente expôs uma visão mais pessoal de sua vida através do podcast Who Is Daniel Johns?, que abordou diversos temas de uma das pessoas mais interessantes do mundo do Rock.

Em FutureNever, descrito por Daniel como “um lugar onde o seu passado, presente e futuro colidem e misturam” e também como “um caldeirão eclético de músicas”, o que vemos é a pluralidade de um artista que muitos tentam colocar em uma única caixa e que constantemente se recusa a aceitar essa condição.

Tentando levar a situação com bom humor, ele mesmo brinca com a situação:

E que as pessoas não venham reclamar que o novo álbum não parece Silverchair! Eu ouvi isso em todos os discos do Silverchair. [risos] ‘FutureNever’ foi feito para soar frenético e enigmático, como se fosse uma extensão do meu processo criativo.

De fato, faixas como “Emergency Calls Only” remetem bastante à fase mais madura do Silverchair, quando o grupo se afastou um pouco da sonoridade tradicionalmente Grunge, e o espírito conceitual e artístico de Daniel também se faz muito presente por aqui.

Há, também, uma versão do grande hit “Freak” intitulada “FreakNever”, que traz uma sonoridade que remete ao Nine Inch Nails e conta com a participação de purplegirl nos vocais.

Daniel Johns – FutureNever

O disco, aliás, chega enquanto Johns está afastado das redes sociais depois de se internar em uma clínica de reabilitação. Ele tomou essa decisão por uma preocupação com sua saúde mental, em especial após ter se envolvido em um acidente — que felizmente não deixou vítimas.

Falando sobre o álbum antes desse período, Daniel explicou como existe um conceito por trás do tal “caldeirão eclético”:

Eu não antecipei com singles, pois o álbum foi projetado para ser apreciado como um álbum… Pode me chamar de um romântico incorrigível. Como artista fico entediado muito rápido, então eu quis fazer desse álbum uma aventura pro ouvinte. Eu parei de correr do passado e estou aqui, abraçando ele.

Você pode ouvir FutureNever a seguir ou clicando aqui!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar