Dave Grohl
Reprodução / YouTube

Ter uma banda de sucesso é um sonho para muita gente. Ser parte de duas das maiores bandas do planeta é uma oportunidade que somente Dave Grohl e pouquíssimos outros tiveram.

O ex-baterista do Nirvana e frontman do Foo Fighters falou sobre esse “milagre” que foi o surgimento dos Foos pouco depois do trágico falecimento de Kurt Cobain em uma entrevista para o programa de Howard Stern em 2011, quando apareceu por lá ao lado do saudoso Taylor Hawkins.

Na ocasião, questionado sobre esse fato tão curioso, Grohl dava a entender que já tinha várias ideias para música enquanto estava no Nirvana, mas usou a comparação feita pelo apresentador com os Beatles para explicar o motivo de não ter deixado as coisas fluírem até o surgimento do Foo Fighters.

Se comparando a George Harrison, Dave explicou:

[George] estava em uma banda com [John] Lennon e [Paul] McCartney. E eu em uma banda com o Kurt. É aquela velha piada: ‘Qual foi a última coisa que o baterista disse antes de ser expulso? Eu tenho uma música que acho que devemos tocar!’. Sabe, isso… Você não… E eu estava perfeitamente feliz porque estava apenas [tocando bateria]. Eu era tipo um baterista de música Disco, eu só fazia [simula uma linha de bateria reta].

Ainda nessa entrevista, Dave Grohl revela que Kurt Cobain chegou a ouvir algumas de suas composições e “realmente gostou” de 2 delas, mas o líder do FF acredita que o então vocalista de sua banda queria mudar algumas letras e ficou com receio de pedir por isso, fazendo com que as ideias continuassem engavetadas por mais alguns anos.

Você pode ver o vídeo com esse trecho completo da entrevista, legendado em português, logo abaixo!

Dave Grohl falando sobre o surgimento do Foo Fighters após o Nirvana

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!